Aposentado por negligência, ex-atacante será indenizado pelo Tottenham

Do UOL, em São Paulo

  • Empics Sports Photography Ltd.

    Radwan Hamed se aposentou após problema médico em 2006

    Radwan Hamed se aposentou após problema médico em 2006

Radwan Hamed era um jovem talento das categorias de base do Tottenham, quando em 2006, aos 17 anos, precisou abandonar a carreira nos gramados. A aposentadoria, porém, rendeu ao clube um processo milionário, vencido pelo agora ex-jogador.

Para assinar contrato como profissional, antes da temporada 2005/2006, Radwan Ahmed passou por exames com Peter Mills, médico da equipe londrina ligado à Associação de Futebol da Inglaterra (FA). A análise apontou uma condição "anormal" no coração do atleta, mas Mills deu aval para que o atacante jogasse.

Hamed estreou como profissional do Tottenham em agosto de 2006, em um amistoso na Bélgica. No entanto, sofreu um colapso logo em seu primeiro jogo e caiu desacordado no gramado. O incidente provocou uma lesão cerebral no atleta, que não voltou a atuar.

Segundo o pai de Radwan Hamed, Raymond, a lesão foi resultado de negligência de Peter Mills, entre outros médicos então ligados ao clube londrino. O caso foi parar na Justiça, que deu ganho de causa à família do atleta em primeira instância.

Desta forma, Radwan Hamed receberá 7 milhões de libras (pouco mais de R$ 29 milhões em valores atuais). Do total, o Tottenham pagará 70% do valor, mas será ressarcido por ex-funcionários considerados responsáveis pelo caso; os outros 30% serão pagos por Peter Mills.

Em nota, o Tottenham diz que "lamenta que um ex-funcionário, conforme julgado, tenha sido negligente em seu ofício com Radwan".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos