Pupilo de Mourinho diz que rompeu com mentor ao conhecer seu “lado errado”

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO/ IAN KINGTON

    André Villas-Boas e Mourinho trabalharam juntos em três clubes

    André Villas-Boas e Mourinho trabalharam juntos em três clubes

José Mourinho foi mentor para André Villas-Boas, técnico português que está sem clube atualmente. Subordinado do hoje treinador do Manchester United no Porto, Chelsea e Inter de Milão, Villas-Boas "se separou" dele após uma briga na Inter de Milão, responsável pelo pontapé inicial de sua carreira no comando de equipes.

No congresso "aspire4sport", Villas-Boas falou da sua relação com o mentor e disse como sua admiração a ele eventualmente resultou em sua saída da comissão técnica de Mourinho.

"Você se apaixona por ele e ele se torna seu ídolo. Eu queria ser como ele, saber tudo que ele sabia e absorver todas as informações que ele passava. Aí você conhece o lado errado de José e é nesse momento que as coisas mudam e você percebe que você foi cegado por alguém", declarou Villas-Boas, segundo o jornal "Daily Mail".

"Ele tem essa capacidade fascinante de tirar o melhor de você, o que tem boas e más consequências para as pessoas. Minhas consequências foram que, como resultado de uma discussão e discordância que tivemos, eu comecei minha carreira como técnico", explicou.

Villas-Boas iniciou a carreira na Académica de Coimbra em 2009, seguindo os passos de Mourinho em suas duas passagens seguintes: treinou o Porto e o Chelsea em sequência. Apesar do sucesso no clube português, o treinador não repetiu as vitórias do seu mentor na Inglaterra, onde teve chances com o Chelsea e Tottenham, mas não conquistou nenhum título.

Seu último trabalho foi com o Zenit, onde conquistou o Campeonato Russo, a Copa da Rússia e a Supercopa da Rússia. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos