Rival favorito? Contra o Corinthians, Robinho supera até Pelé em números

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Clube Atlético Mineiro/Divulgação

    Camisa 7 tem números muito favoráveis quando está em campo contra o Corinthians

    Camisa 7 tem números muito favoráveis quando está em campo contra o Corinthians

Precisando da vitória para não perder o Palmeiras de vista, o Atlético-MG entra em campo buscando um feito inédito nesta quarta-feira (5): vencer o Corinthians em Itaquera. Desde que o estádio foi inaugurado, o time mineiro visitou a arena por três vezes, mas não venceu e nem sequer fez gols. Desta vez, porém, o clube conta com uma arma de peso que se acostumou a fazer do adversário uma de suas maiores vítimas: Robinho. Quando enfrentou o antigo rival, o rei das pedaladas se deu bem em quase todas as vezes. O retrospecto é tão bom que nem mesmo outro monarca, Pelé, alcançou um número tão baixo de derrotas quando o Corinthians esteve do outro lado do campo.

Jogando com a camisa do Santos, Robinho enfrentou o Timão por 12 vezes, das quais saiu vencedor em nove ocasiões. Na única partida que não deixou o campo com pelo menos um empate, o atacante viu o Corinthians marcar o gol da vitória (1 a 0) quando já estava no banco de reservas. Em seu primeiro duelo com a camisa do Atlético, não foi diferente. Robinho estava em campo durante o confronto do primeiro turno entre as equipes, que acabou com a vitória mineira por 2 a 1.

"Só o fato de poder fazer aquilo que eu mais gosto, que é jogar futebol, já me deixa motivado. Mas é claro que nos tempos de Santos a rivalidade era muito grande contra o Corinthians. Na maioria das vezes que joguei, consegui ganhar. Mas eu procuro pensar no momento, cada jogo é uma nova história. Agora é uma história diferente, espero que seja com vitória para o Atlético, que é o mais importante", comentou o atacante.

Com a lendária 10 do Santos, Pelé também não deu sossego ao Corinthians. Por anos, o time da capital não conseguiu superar a equipe praiana quando ele esteve em campo. Mas o rei não saiu feliz em todos os encontros. O número de partidas contra o rival é bem maior (49 jogos), porém, diferente de Robinho, Pelé acabou derrotado por nove vezes no clássico paulista.

Se conseguir repetir o desempenho positivo diante do Corinthians nos seus tempos de Santos, Robinho não só poderá ajudar o Atlético a sair de Itaquera com o primeiro gol dentro da casa corintiana, mas também a melhorar seu desempenho fora de casa, determinante na luta pelo título brasileiro. Vale lembrar que parte da atual desvantagem para Palmeiras e Flamengo pode ser explicada pelo rendimento fora de casa. Como visitante, o Galo soma apenas 18 pontos nos 42 já disputados, enquanto o líder já fez 24 e o vice contabilizou 22.

CORINTHIANS x ATLÉTICO-MG

Motivo: 29ª rodada, Brasileirão 2016
Data/Hora: 05/10/2016, às 21h
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

CORINTHIANS: Walter, Léo Príncipe, Yago, Balbuena e Guilherme Arana; Camacho; Rodriguinho, Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel e Marlone; Gustavo. Técnico: Fábio Carille.

ATLÉTICO-MG: Victor; Carlos César, Gabriel, Leonardo Silva e Fábio Santos; Leandro Donizete e Lucas Cândido; Clayton, Dátolo (Hyuri ou Carlos Eduardo) e Robinho; Fred. Técnico: Marcelo Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos