Atacante do Equador deixa estádio de ambulância e escapa de ser preso

Do UOL, em São Paulo

O atacante Enner Valencia, da seleção do Equador, levou um susto ao descer do ônibus da delegação para entrar no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, onde a equipe enfrentou o Chile nesta quinta-feira (29) pelas Eliminatórias da Copa de 2018. O motivo: a polícia estava esperando para prendê-lo por não pagar pensão alimentícia à filha de cinco anos.

O atleta foi titular na vitória por 3 a 0 sobre o Chile. Já perto do final do jogo, porém, ele sinalizou ter sentido uma lesão muscular e foi retirado do gramado de maca, com direito a máscara de oxigênio. Policiais seguiram o jogador até uma ambulância, na qual ele foi colocado para deixar o estádio.

Segundo o jornal equatoriano El Comercio, Valencia foi levado a um hospital, escoltado por policiais. Um policial não identificado disse ao jornal que o jogador ficaria sob vigilância até ser liberado pelos médicos.

Porém, segundo um assessor do jogador, uma juíza revogou a ordem de prisão contra Valencia nesta quinta-feira, o que deve permitir que ele viaje normalmente a La Paz para o próximo jogo do Equador nas Eliminatórias, contra a Bolívia, na próxima terça (11).

Segundo o jornal La Tercera, houve confusão entre a polícia e os jogadores na chegada do ônibus ao estádio. O goleiro Esteban Dreer teria protegido Valencia e trancado o companheiro no vestiário para evitar sua prisão.

De acordo com o jornal El Universo, Valencia deve US$ 17.134,15 (equivalente a R$ 55.177,10) em pensão alimentícia a sua filha mais velha, de cinco anos. O valor equivale a quatro meses de pensões atrasados, segundo o mandado emitido pela Unidad Judicial de Familia, Mujer, Niñez y Adolescencia, entidade legal que cuida de relações familiares no Equador.

Valencia já havia recebido de advogados um mandado de prisão na última quarta (5), durante treino da seleção.

Ônibus do Chile bate em muro

As movimentações pré-jogo não se limitaram somente à quase prisão de Valencia. Do lado chileno, também houve uma situação inusitada: o ônibus da delegação bateu em um muro do estádio ao estacionar. O local do ônibus que sofreu danos foi exatamente onde estava sentado o meia Valdivia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos