Juventude segura pressão do Fortaleza e sobe para a Série B do Brasileiro

Do UOL, em São Paulo

  • Arthur Dallegrave/ EC Juventude

    Juventude, do técnico Antônio Carlos Zago, garantiu o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro

    Juventude, do técnico Antônio Carlos Zago, garantiu o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro

Disputar as quartas de final da Série C se tornou um roteiro de terror para a torcida do Fortaleza. Pela quarta vez em cinco anos, o Leão perdeu o acesso à segunda divisão jogando em casa na fase mata-mata da competição. Neste domingo, o Juventude resistiu a pressão cearense na Arena Castelão completamente lotada, segurou o empate em 1 a 1 e comemorou a vaga para a Série B. 

Como o primeiro confronto acabou 0 a 0 em Caxias, a equipe gaúcha, comandada pelo ex-zagueiro Antonio Carlos, conseguiu o acesso com o gol marcado fora de casa. O Juventude encara o Boa Esporte nas semifinais da competição. ABC-RN e Guarani-SP que também disputarão a Série B em 2017 e medem forças pela outra vaga na decisão.

Hugo marcou o gol do Juventude logo no início da etapa final, de cabeça. Pio, aos 22min, empatou de falta. Mesmo depois de muita pressão, o Fortaleza não conseguiu marcar o segundo gol. 
 
Tanto Juventude como o Fortaleza foram rebaixados em 2009 para a terceira divisão, e desde então lutavam pelo acesso. Em 2012, 2014 e 2015, o Leão terminou a primeira fase da Série C em primeiro lugar, e em todas as oportunidades acabou eliminado jogando em casa. Oeste (2012), Macaé (2014) e Brasil de Pelotas (2015). 
 
Campeão da Copa do Brasil de 1999, o Juventude bateu na trave para passar ao mata-mata da Série C nos dois últimos anos. Antes, em 2012, a equipe chegou a ser rebaixada para a Série D, mas subiu no ano seguinte.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos