Agüero desperdiça pênalti e Argentina tropeça mais uma vez sem Messi

Do UOL, em São Paulo

A vida da Argentina sem Lionel Messi não tem sido nada fácil nas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Sem poder contar com seu principal craque, lesionado, o time de Edgardo Bauza tropeçou mais uma vez. Dessa vez jogando em casa, em Córdoba, os argentinos foram surpreendidos pelo Paraguai e perderam por 1 a 0, nesta terça-feira (11).

Apresentando muitas dificuldades na criação de jogadas, o time de Bauza sucumbiu para o Paraguai com o gol de González. Para piorar, os argentinos viram Sérgio Agüero, herdeiro da camisa 10, perder um pênalti no segundo tempo.

Com o resultado, a Argentina encerra a 10ª rodada com 16 pontos, na quinta colocação, lugar que a levaria para a repescagem. Já o Paraguai encosta na rival, agora com 15 pontos, em sexto.

Na próxima rodada, a Argentina vai ao Mineirão enfrentar o Brasil, em 10 de novembro. Já o Paraguai recebe o Peru, no mesmo dia.

Tática paraguaia funciona e o gol vem

REUTERS/Marcos Brindicci

Apostando em uma marcação forte e em jogadas de contra-ataque, o Paraguai surpreendeu a Argentina ao abrir o placar logo aos 17 minutos de partida. Em contragolpe rápido, o corintiano Romero fintou Mascherano e deu belo passe em profundidade para González, que avançou e bateu no canto esquerdo de Villar.

Um oásis no deserto da armação argentina

REUTERS/Marcos Brindicci

Diante de uma firme marcação paraguaia, a Argentina encontrou muitos problemas para criar jogadas de ataque no primeiro tempo. O único se destacava em meio à falta de imaginação argentina era Di María. Foi com ele, inclusive, que o time de Edgardo Bauza conseguiu sua melhor chance: aos 23 minutos, o camisa 11 arriscou de fora da área e acertou a trave de Villar.

Argentina tem duas chances de abrir o placar. Não consegue

AFP PHOTO / EITAN ABRAMOVICH

Com vantagem no placar, o Paraguai se recuou no segundo tempo e parou de agredir a Argentina nos contra-ataques. Dessa maneira, o time de Bauza passou a ter mais espaço e passou a criar mais chances. Nas duas mais claras, não conseguiu tirar o zero do placar.

A primeira veio logo no minuto inicial da segunda etapa: Higuaín cabeceou e a bola bateu no braço de Da Silva. O árbitro marcou pênalti, que Agüero cobrou e parou na defesa de Villar. A segunda chance veio sete minutos mais tarde: em falta cobrada para a área, Rojo balançou as redes de Villar. O lance, no entanto, foi anulado, pois Mercado, em condição irregular, participou da jogada.

Messi no sofá é pesadelo para Argentina

Reprodução

A lesão de Messi dá uma dor de cabeça enorme para a seleção da Argentina. O aproveitamento da equipe muda drasticamente sem o camisa 10 em campo. Nas três vezes que o atacante atuou nas Eliminatórias, foram três vitórias: 2 a 1 contra o Chile, 2 a 0 sobre a Bolívia e 1 a 0 diante do Uruguai. Já sem ele, a história muda: uma vitória, quatro empates e duas derrotas.

Contra o Paraguai, o que deu para Messi fazer foi torcer à distância. Em seu Instagram, o atacante postou uma foto acompanhando a partida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos