Valdivia processa o Palmeiras e pede R$ 166 mil por comissão não recebida

Bruno Thadeu

Do UOL, em São Paulo

  • Leandro Martins/Frame/Frame/Estadão Conteúdo

    Valdívia alega que não recebeu uma parcela do bônus em 2012 por acerto com o clube

    Valdívia alega que não recebeu uma parcela do bônus em 2012 por acerto com o clube

O meia Jorge Valdivia acionou o Palmeiras na Justiça alegando que sua empresa (Valdivia Sports) não teria recebido uma parcela de luvas (bonificação) que venceu em setembro de 2012. O valor que o clube alviverde estaria inadimplente é de R$ 81.777, mas com correções e mais juro de 1% ao mês subiria para R$ 166.819,30.

De acordo com a ação movida pelo atleta no Tribunal de Justiça de São Paulo, o Palmeiras teria se comprometido a pagar R$ 1.840 milhão para a Valdivia Sports em 10 parcelas mensais de R$ 184 mil (de agosto de 2010 a setembro de 2011) como comissão pela contratação do atleta em 2010.

A defesa do jogador informa que as primeiras duas parcelas foram pagas. O valor pendente teria sido dividido em 18 vezes, de R$ 81.777 cada.

O processo informa que uma dessa parcela (R$ 81.777) não foi paga pelo time paulista. 

O UOL Esporte entrou em contato nesta terça-feira com o escritório do advogado de Valdivia, Carlos Henrique de Oliveira Pereira, para comentar o caso. A reportagem também entrou em contato com a assessoria de comunicação do Palmeiras, e aguarda posicionamento do clube. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos