Jesus marca e diz que ouve técnicos para evoluir; Willian se lembra da mãe

Do UOL, em São Paulo

Gabriel Jesus anotou seu quarto gol em quatro jogos pela seleção brasileira diante da Venezuela e atribuiu ao trabalho. Segundo ele, apesar das conquistas que tem alcançado na temporada, não se pode parar nem deixar de aprender. Dessa vez, o atacante palmeirense de 19 anos comandou a vitória do Brasil por 2 a 0, quinta-feira, em Mérida. 

"Eu nunca deixei cair. Sempre quero melhorar mais e mais, então Deus honra. Vou trabalhando, escuto os técnicos e vou entendendo o que a comissão tem para me passar", afirmou Gabriel Jesus ao Sportv.
 
Gabriel comentou que fez um sinal de telefone na comemoração por causa da mãe, Vera Lúcia, e de seus amigos. "É uma brincadeira que meus amigos e eu fizemos, de 'alô mãe'. Tinha ficado de fazer contra a Bolívia, mas hoje não me esqueci, então fui nas câmeras e mandei um 'alô mãe', porque fico brincando com ela", complementou. A própria Vera, em entrevista a Galvão Bueno, havia comentado a respeito.
 
Willian, que tinha feito dois gols diante dos venezuelanos no primeiro turno, voltou a marcar. Em entrevista, dedicou à mãe Zezé, que tenta se recuperar de um câncer. "Fico muito feliz pelo gol. Eu tinha feito contra a Venezuela também em Fortaleza, e hoje tive a felicidade de fazer um gol aqui. Vai para minha mãe que está no hospital, minha esposa e minhas filhas, e os familiares que torcem por mim", disse também ao Sportv.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos