Romildo Bolzan Jr. confirma candidatura à reeleição no Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

    Romildo disputará eleição para presidir Grêmio entre os anos de 2017-2019

    Romildo disputará eleição para presidir Grêmio entre os anos de 2017-2019

Romildo Bolzan Jr. tentará a reeleição como presidente do Grêmio. Nesta quarta-feira (12), o dirigente confirmou a condição que já era prevista há tempos. A chapa completa ainda não está definida e será montada até o final da semana – quando se encerra o prazo para inscrição.

Presidente do Grêmio desde 2015, após ser indicado por Fábio Koff, Romildo disputará o cargo em sua primeira eleição depois de reforma estatutária. O mandato a ser decidido antes do final do Brasileirão terá duração de três anos.

A formação completa da chapa ao conselho de administração será confirmada em evento na sexta-feira.

Os movimentos de oposição ainda não confirmaram candidato ao pleito. A atual gestão não acredita que a eleição tenha candidato único.

A disputa presidencial no Grêmio pode ter até dois turnos. O primeiro envolve os conselheiros e o segundo, se superada a cláusula de barreira, os sócios. Em 2014, Romildo venceu Homero Bellini Júnior com 71% dos votos dos associados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos