Antes de Atletiba, polícia prende três torcedores suspeitos de homicídio

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Demafe

    Policiais do Cope prendem torcedores do Coritiba suspeitos de homicídio

    Policiais do Cope prendem torcedores do Coritiba suspeitos de homicídio

Três torcedores do Coritiba foram presos na manhã desta quinta-feira por policiais da Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe). Integrantes da organizada Império Alviverde Comando Leste, eles são suspeitos de tentativa de homicídio contra torcedores do Atlético-PR.

Quatro equipes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e duas da Demafe participaram da operação, iniciada logo pela manhã com quatro mandados de prisão e cinco de busca e apreensão. Um dos integrantes ainda está foragido.

A ação, intitulada "Operação Themis", visa combater a violência no futebol e é um trabalho preventivo para o clássico Atletiba, marcado para este domingo, na Vila Capanema, às 17h.

Clóvis Galvão, delegado da Demafe, concedeu entrevista coletiva ainda pela manhã para dar mais detalhes sobre a operação.

"Essas pessoas estavam sendo investigadas desde o inicio do ano por tentativa de homicídio contra torcedores do Atlético. Na ocasião, eles atiraram e acertaram um torcedor no braço e os outros três alvos escaparam por sorte", explicou o delegado.

Segundo Clóvis Galvão, foram encontradas camisas do Atlético-PR, símbolo de 'troféu' para os torcedores alviverdes.

"Eles tomavam camisas e símbolos do time rival nas brigas e exibiam como troféu. Apreendemos também computadores, rádios e vários materiais. A maioria já tem passagem por tráfico", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos