"O Barça não queria Rivaldo", diz dirigente que participou de transferência

Do UOL, em São Paulo

  • Associated Press

O Barcelona não queria contratar Rivaldo em 1997, mas sim, o inglês Steve McManaman. É o que afirma o ex-presidente do Deportivo La Coruña, que tratou da transferência do brasileiro para o clube catalão.

"Foi uma casualidade. O Barcelona não queria o Rivaldo, queria McManaman", contou Lendoiro, que ainda admitiu: o acordo de transferência do brasileiro para o Barcelona foi o mais dolorido em seu período como dirigente do clube: 25 anos.

"Foi a jogada que mais me doeu e minhas relações com o Barcelona esfriaram, mas não teve outro remédio a não ser aceitar", comentou.

Rivaldo ficou no Barcelona de 1997 a 2002, tornando-se grande nome na história do clube, quando se transferiu para o Milan. O então sonho do clube catalão, segundo Lendoiro, Steve McManaman acabou no rival do Barcelona, o Real Madrid, em 1999, onde ficou até 2003.

Quer receber notícias do Barcelona de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos