Dortmund admite negociar Aubameyang com Real, mas alerta: "não será fácil"

Do UOL, em São Paulo

  • Martin Meissner/AP Photo

O gabonês Pierre-Emerick Aubameyang pode deixar o Borussia Dortmund na próxima janela de transferências. Em entrevista à Sky Sports, o gerente geral do clube alemão, Hans-Joachim Watzke, afirmou que o jogador é negociável, mas disse que vendê-lo não é uma prioridade.

"Queremos que ele fique conosco. Ao contrário dos jogadores que deixaram a gente nos últimos meses, Aubameyang tem um contrato de longa duração que o prende a nós até 2020. Não existe absolutamente nenhuma pressão e eu não tenho a impressão que ele esteja disposto a sair", declarou o dirigente.

Destaque do Borussia Dortmund na atual temporada, com oito gols em dez gols, o jogador teve seu nome vinculado a outros clubes europeus na última janela de transferências, fato que deve se repetir quando o mercado voltar a ficar aberto.

Um dos clubes que demonstrou interesse em Aubameyang no passado foi o Real Madrid. Watzke comentou uma possível negociação com o clube espanhol.

"Se o Real Madrid nos contatar, vamos conversar, mas não será fácil. A transferência de Aubameyang não será automática", afirmou.

Além do Real Madrid, que pode estar proibido pela Fifa de contratar na reabertura do mercado, Manchester City e PSG apareceram como interessados do Dortmund.

Na última janela de transferências, o clube alemão perdeu peças importantes do seu elenco, como o zagueiro Mats Hummels, que foi para o Bayern de Munique, e o meia Henrikh Mkhitariyan, vendido para o Manchester United.

Quer receber notícias do Real Madrid e do futebol alemão de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos