"Inferno astral" de Rooney pauta clássico e tira esposa e ídolos do sério

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters/Carl Recine Livepic

    Inglaterra volta atenções para Rooney e se ocupa de debater má fase do ídolo

    Inglaterra volta atenções para Rooney e se ocupa de debater má fase do ídolo

Os ingleses gostam tanto de futebol quanto de uma boa polêmica pública, dessas que consomem as manchetes dos noticiários por alguns dias. Hoje a má fase do meia-atacante Wayne Rooney é o assunto da vez no país, unindo estas duas predileções nacionais.

Vaiado pela torcida em partida recente da seleção e relegado à reserva do Manchester United, esta pontual versão decadente de Rooney vem mexendo com os brios de ídolos ingleses e forçou a esposa do jogador a se manifestar publicamente, em desabafo indignado na internet. De quebra, mesmo provavelmente ausente do time titular, o astro em baixa pautou os comentários nos dias que antecederam o clássico desta segunda-feira entre Liverpool e Manchester United, válido pela oitava rodada do Campeonato Inglês.

Apesar de vir mal na temporada com o United de José Mourinho, Rooney se enfiou de vez na crise individual na última rodada dupla das eliminatórias europeias. O ídolo foi vaiado do começo ao fim em Wembley durante a vitória sobre Malta, em tratamento que chocou alguns de seus companheiros. Na partida seguinte, no empate fora com a Eslovênia, acabou esquentando o banco, preterido por Eric Dier, de 22 anos.

Reuters / Carl Recine Livepic
Rooney no banco contra a Eslovênia

Maior artilheiro da história da seleção, com 53 gols em 117 partidas, Rooney marcou apenas uma vez em 12 jogos na temporada, incluindo United e Inglaterra. Mais do que isso, tem mostrado ao público sua pior versão na carreira, técnica e física. Como o momento do Manchester também é turbulento, o meia-atacante acabou sacrificado – perdeu a vaga para o espanhol Juan Mata e foi reserva nos últimos três compromissos.

Assim, o jogador mais relevante da Inglaterra neste século parece estar vivendo seu "inferno astral" esportivo. A crença popular diz que este tipo de período acontece no mês que antecede o aniversário, e, curiosamente, Rooney completa 31 anos na próxima semana, em 24 de outubro.

Rooney foi um craque precoce e está há um bom tempo em evidência – o atacante é um dos jogadores mais importantes do país desde que despontou no time profissional do Everton em 2002, com apenas 16 anos. Recentemente, poucos craques de quilate internacional aguentaram tanto tempo esta demanda por alto nível.

Mas, mesmo depois do festival de críticas intensificado no período com a seleção, o jogador disse em entrevista coletiva que não pretende alterar os planos de se aposentar da equipe nacional somente em 2018, após a Copa na Rússia. "Não nego que estou num período de dificuldade. Venho no banco nas últimas partidas do Manchester United, mas isso faz parte do futebol", respondeu.

Rooney desce, e outros sobem na seleção

Gradualmente Rooney deixou de ser o atacante de área do início de carreira para hoje figurar num espaço de campo mais recuado, atrás da linha de frente e mais dedicado à armação de jogadas. No entanto, a imprensa inglesa identifica que Eric Dier é hoje uma opção mais interessante nesta função – o jovem volante do Tottenham tem atuado mais avançado e foi considerado uma das exceções individuais no fiasco inglês na Eurocopa deste ano.

Dele Alli, outro jovem do Tottenham, também parece mais adequado para o papel de "camisa 10" e tem acumulado boas atuações na seleção. Enquanto isso, nomes como Harry Kane e Daniel Sturridge estão hoje claramente à frente de Rooney como atacantes de referência, um papel antigo, mas que ainda consta no repertório do ídolo do United.

O que eles (e ela) dizem

A superexposição do marido na mídia inglesa nos últimos dias acabou motivando um desabafo fervoroso de Coleen Rooney. Em alguns posts no Twitter nesta semana, a esposa do astro refletiu publicamente sobre o massacre ao craque e, em seguida, disparou contra um internauta mais crítico ("cale a boca, seu idiota"). A fase técnica do atleta também motivou manifestações entusiasmadas de ídolos do futebol inglês, além de adversários do Liverpool, que enfrentam o time do atacante nesta segunda-feira.

Má fase de Rooney

Divulgação Adoro a maneira como todos têm uma opinião. Iluminem-se, a vida é curta, deem um tempo às pessoas. Alguns esquecem que outros também têm sentimentos (...) a imprensa e a torcida deveriam ser positivos sobre o time (e não apenas um jogador) que se prepara para a partida de amanhã - e você tem um filho de seis anos escutando que vaiaram seu pai. Não é legal Coleen Rooney, esposa de Wayne Rooney
Philipp Schmidli/Getty Images É fascinante observar o mundo nos últimos dez dias. Todo debate parece focado nele. A responsabilidade sobre ele é enorme. A crítica sobre ele é, às vezes, injusta, mas ele representa seu país com orgulho Gareth Southgate, técnico interino da seleção
AFP PHOTO / OLI SCARFF Um dos melhores jogadores que vi e que joguei junto, e um homem que tem dado tudo pela Inglaterra. Uma lenda absoluta para Everton, Manchester United e Inglaterra. Devemos todos mostrar mais respeito a este grande jogador e homem John Terry, zagueiro do Chelsea, nas mídias sociais
AP Photo/Owen Humphreys É hora de Rooney ser egoísta e pensar apenas em si mesmo. E isso, eu lamento dizer, significa sua aposentadoria em nível de seleção (...) eu não quero ver o maior artilheiro do país e um dos melhores jogadores que enfeitaram nosso jogo sendo vaiado usando a braçadeira de capitão em Wembley Alan Shearer, ex-jogador da seleção, em coluna de jornal
Reuters / Phil Noble Rooney é um artilheiro e uma ameaça. Uma situação como essa pode acontecer numa carreira longa Jurgen Klopp, técnico do Liverpool
AP Photo/Nick Potts/PA Wire Wayne é experiente o suficiente para saber que precisa se concentrar no seu futebol. Acredito que ele tenha lidado com críticas durante toda a carreira, como outros muitos jogadores. Ele lida com isso muito bem. É nosso capitão e nosso líder (na seleção) Jordan Henderson, capitão do Liverpool

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos