Eurico manda e Vasco tem aumento da carga horária de trabalho

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Eurico Miranda não está satisfeito com o desempenho recente do Vasco na Série B

    Eurico Miranda não está satisfeito com o desempenho recente do Vasco na Série B

A derrota para o CRB no último sábado em São Januário, que colocou o Vasco distante da liderança na Série B, deixou o presidente Eurico Miranda bastante incomodado. Como forma de tentar dar uma sacudida no elenco, o dirigente interferiu na programação de treinos da semana e exigiu um trabalho de forma integral, algo que tem sido incomum em 2016.

De acordo com o Globoesporte.com, a atividade desta segunda (17), por exemplo, aconteceria somente na parte da tarde, mas por exigência do mandatário, o período da manhã também foi preenchido, com os jogadores sendo comunicados da decisão após o resultado adverso. 

"Ficamos sabendo depois do jogo (CRB). Alguns ficaram sabendo no domingo. O Antônio (supervisor) mandou pelo Whatsapp (aplicativo de mensagens de texto). De manhã fizemos academia. De tarde, trabalhamos forte no campo", disse o jovem atacante Thalles, negando que tenha acontecido uma reunião entre o elenco e o presidente: "Não teve reunião, sabemos da nossa responsabilidade".

Na derrota para o CRB, Eurico Miranda quebrou seu ritual de assistir até o fim ao jogo, fechando os vidros do local antes do término do duelo, que teve como resultado um 2 a 1 para o adversário.

Durante o confronto, torcedores hostilizaram bastante o cartola, algo que não vinha acontecendo até então.

A programação de treinamentos do restante da semana será divulgada diariamente aos jogadores e há a possibilidade de que outras atividades integrais aconteçam até o jogo contra o Paraná, sábado (22), em Cariacica (ES).
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos