Eduardo Baptista diz não a time da Arábia Saudita e segue na Ponte

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

  • Rodrigo Villalba/Photopress/Estadão Conteúdo

Depois de ter seu nome comentado como possível novo técnico do Corinthians, Eduardo Baptista voltou a ser sondado para deixar a Ponte Preta. O treinador recusou na semana passada uma proposta do futebol da Arábia Saudita.

Um empresário tentou apresentar a proposta, mas não conseguiu nem abrir a negociação. Baptista afirmou que pretendia terminar o ano na mesma equipe e concluir o projeto de 2016, já de olho em 2017.

Após garantir os 45 pontos e se livrar do rebaixamento, o comandante já começou a trabalhar no planejamento da próxima temporada ao lado da diretoria ponte-pretana. A três pontos do G-6, a equipe ainda sonha com uma vaga na Libertadores.

Eduardo Baptista conseguiu destaque em 2014 como técnico do Sport ao deixar a equipe de Recife longe da briga para não cair. Lá ele também foi campeão da Copa do Nordeste e do Estadual. No ano seguinte, foi para o Fluminense e chegou até a semifinal da Copa do Brasil, sendo eliminado pelo campeão Palmeiras nos pênaltis.

Sem se firmar no Rio de Janeiro, o técnico fechou com a equipe de Campinas ainda no primeiro semestre deste ano e voltou a ter sucesso. Ele teve seu nome bastante comentado no Corinthians após a demissão de Cristóvão Borges, mas viu o presidente Roberto de Andrade preferir Oswaldo de Oliveira.

Eduardo, inclusive, era um dos favoritos de Andrés Sanchez para o cargo. O ex-presidente não escondeu sua insatisfação com o fato da escolha ter sido feita exclusivamente por Roberto. Não à toa, o episódio acabou na saída de Eduardo Ferreira do cargo de diretor de futebol. Ele havia sido indicado por Andrés.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos