Jornalista detona Piqué por chamar site de "marionete de Florentino"

Do UOL, em São Paulo

  • AP

    Camisa com as mangas curtas usadas por Piqué causou polêmica

    Camisa com as mangas curtas usadas por Piqué causou polêmica

O diretor do site jornalístico espanhol "OK Diário", Eduardo Inda, deu uma forte resposta a Gerard Piqué depois que a sua publicação foi chamada de "marionete de Florentino" (Pérez, presidente do Real Madrid) pelo jogador do Barcelona durante uma entrevista na terça-feira.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais do "Ok Diario", Eduardo acusou Piqué de antipatriotismo. "Nem um funcionário e nem o OK Diário o expulsaram da seleção. Da seleção o tiraram sua infantilidade e seu antiespanholismo. Eu não motivei as pessoas que o vaiam em treinamento e jogos. Essas pessoas o criticam porque você não sente as cores da Espanha", disse.

Em sua entrevista prévia ao duelo contra o Manchester City pela Liga dos Campeões, Piqué fez um pronunciamento explicando a sua decisão de deixar a seleção ao final da próxima Copa do Mundo e disparou contra os jornais AS, Marca e Ok Diario, dizendo que eles queriam o expulsar da seleção.

O zagueiro se referia à notícia de que ele teria retirado detalhes em vermelho e amarelo da manga da camisa no duelo da Espanha contra a Albânia, pelas Eliminatórias da Europa.

Piqué jamais escondeu seu posicionamento pró-Catalunha, mas não retirou os detalhes das listras na manga do uniforme por antipatriotismo. A confusão se deu porque as camisas de manga longa não possuem as listras.

Mesmo assim, o jornalista Eduardo Inda manteve o tom forte em sua declaração. "Você tem todo o direito do mundo de querer a independência (da Catalunha). Mas esse direito significa ser consciente. Se você não acredita na Espanha, não vá mais à seleção".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos