Santos diz que deixou negociação por Keno: "Não entramos em leilão"

Do UOL, em São Paulo

  • Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O presidente do Santos, Modesto Roma Jr., comentou a tentativa de negociação com o atacante Keno, do Santa Cruz. Em entrevista à "ESPN", o dirigente afirmou que não entra em "leilão" e, por isso, se afastou do acordo.

"(Keno é) Bom jogador, mas nós temos como princípio não entrarmos em leilão. Na hora que outros clubes entraram, nós saímos da negociação. O Keno é um jogador interessante, mas é um jogador de 28 anos. Santos tem seus limites de salários e despesas, não faz loucura e não entra em leilão", afirmou.

Como apurou o UOL Esporte, Keno aumentou a pedida salarial na negociação com o Santos. O atacante chegou a pedir R$ 170 mil de salário fixo para acertar com a equipe da Vila Belmiro. A diretoria santista considerou o valor alto e, por isso, o negócio travou.

Em meio ao imbróglio salarial, o Palmeiras apareceu e cobriu todas as ofertas do Santos. Segundo dirigentes na Vila Belmiro, o rival paulista aceitou pagar o salário pedido por Keno. Além disso, cobriu a proposta de R$ 3 milhões por 60% dos direitos econômicos do atacante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos