MP espanhol pede prisão de jogadores por compra de carteira de habilitação

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Site Oficial de Buonanotte

    Argentino Buonanotte é um dos acusados de participar do esquema

    Argentino Buonanotte é um dos acusados de participar do esquema

O Ministério Público de Granada, na Espanha, solicitou dois anos de prisão e uma multa de 3 mil euros (cerca de R$ 10,3 mil) para dois jogadores, o nigeriano Odion Ighalo e o argentino Diego Buonanotte. Eles fazem parte de um grupo de 95 pessoas acusadas de um esquema de corrupção na prova teórica exigida para tirar a carteira de habilitação para dirigir.

Segundo os promotores, os crimes aconteceram entre 2012 e 2013, quando Ighalo e Buonanotte defendiam o Granada. Atualmente, o nigeriano joga no Watford, da Inglaterra, enquanto o argentino está na Universidad Católica, do Chile. Os dois terão que ir a Granada para depor.

O esquema funcionaria com os participantes preenchendo as provas com caneta de tinta removível. Posteriormente, os fiscais das provas apagavam as respostas erradas e marcavam as corretas. Os 95 acusados viajaram de várias cidades diferentes da Espanha para fazer a prova teórica em Granada.

Também foram pedidas prisões que variam entre quatro e seis anos e multas mais pesadas para quatro fiscais envolvidos no esquema.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos