Roger, atacante da Ponte, revela que teve problemas com alcoolismo

Do UOL, em São Paulo

  • Leonardo Soares/UOL

    Roger em ação pela Ponte Preta; atacante hoje se diz livre do vício que o atrapalhou

    Roger em ação pela Ponte Preta; atacante hoje se diz livre do vício que o atrapalhou

Hoje centroavante da Ponte Preta, Roger revelou que enfrentou problemas com a bebida ao longo da sua carreira. Em entrevista ao programa Resenha, da ESPN Brasil, o atacante que teve passagens por São Paulo e Fluminense falou abertamente sobre seu histórico de alcoolismo.

"Não bebia socialmente. Eu era chato, meus amigos falavam. Tudo isso começou quando fui para o São Paulo. Eu bebia todo dia e bebia muito. Quase perdi minha família e meu casamento por problemas com a bebida", contou Roger.

Revelado pela Ponte, o atacante foi para o Morumbi em 2005, na maior chance da carreira. As coisas não funcionaram, ele passou quatro anos sendo emprestado várias vezes até ser vendido em 2010 para o Kashiwa Reysol, do Japão. E até do outro lado do mundo ele sofreu com o problema.

"Eu saía do treino, passava no Seven Eleven [loja de conveniência] comprava a cerveja e ia para casa de bicicleta", relembra Roger, que disse agora querer dar exemplo para os mais jovens. "Eu falo abertamente. Os meninos jovens precisam aprender a não se testar", contou o atacante.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos