Jornal catalão aponta oito sinais da decadência de Cristiano Ronaldo

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Andrea Comas

O jornal espanhol "Sport", da Catalunha, fez um exercício de reflexão do porquê Cristiano Ronaldo estaria em decadência. Mais simpática ao Barcelona, a publicação questiona o favoritismo do português na Bola de Ouro da "France Football" e o prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa.

Os catalães destacam que estão falando de um jogador excelente que sempre mostrou um profissionalismo e desempenho comparáveis ao seu ego.

Cristiano Ronaldo tem em sua defesa anos de alta eficiência pelo Real Madrid, mas o "Sport" questiona se o clube da capital voltará a contar com a regularidade do seu principal jogador, "um atacante com físico de atleta, velocidade endiabrada e um faro letal de goleador".

Confira os argumentos:

  1. A idade começou a pesar para o português, que aos 31 anos sofre para se recuperar de lesões e não está no auge da forma física. "Desgaste lógico de quinze anos na elite do futebol", escreve o jornal.
  2. Falta de fôlego e de explosão nas arrancadas pelos lados do campo que lhe eram características e colocavam medo nos adversários. Isso resulta na falta de "ideias claras" e pontaria na hora de finalizar quando o português chega na área.
  3. Não foi decisivo nas finais da Liga dos Campeões contra o Atlético de Madri, nem na da Eurocopa contra a França – nesta, saiu lesionado no primeiro tempo.
  4. A queda na parte física influencia diretamente na efetividade de Cristiano Ronaldo no ataque. São "apenas" quatro gols em oito jogos oficiais nesta temporada, seis a menos do que ele havia registrado na anterior.
  5. Sua média de gols desta temporada está em 0,5 por jogo, número distante do impressionante 1,03 que soma em toda sua carreira no Real Madrid, desde 2009.
  6. Os números não baixaram por falta de oportunidades, pois Cristiano Ronaldo finalizou 38 vezes para marcar os quatro gols que fez até o momento. Messi, por exemplo, tem sete gols em 36 chutes, aproveitamento de 19%, contra apenas 5% do português.
  7. O egoísmo de Cristiano Ronaldo aparece como problema. O jornal aponta que o português teve duas oportunidades de servir seus companheiros na apertada vitória sobre o Athletic Bilbao, uma para Benzema e outra para Kroos, mas foi "fominha" e tentou o gol. Errou em ambas, e ao final da partida ouviu vaias no Bernabéu.
  8. Também contra o Athletic, Cristiano Ronaldo finalizou dez vezes, mesmo número do adversário e 41,6% do volume do Real Madrid. Saiu em branco, já que os gols da partida foram de Benzema e Morata.

Quer receber notícias do Real Madrid de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos