Corpo de Carlos Alberto Torres é velado na sede da CBF

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Pedro Ivo Almeida/UOL

    Roberto Dinamite faz oração junto ao caixão de Carlos Alberto Torres

    Roberto Dinamite faz oração junto ao caixão de Carlos Alberto Torres

O corpo do ex-jogador Carlos Alberto Torres, que morreu nesta terça-feira (25) vítima de infarto fulminante, chegou às 21h33 à sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, onde acontece o velório do capitão da Copa do Mundo de 1970.

O ex-lateral morreu no início da manhã. O corpo passou o dia no hospital e foi ao velório já à noite, após ser liberado. A cerimônia estava prevista para se encerrar inicialmente à 0h e foi fechada, com acesso permitido apenas a familiares e amigos.

Pedro Ivo Almeida/UOL
Corpo de Carlos Alberto Torres chegou à sede da CBF às 21h33
Curiosos e torcedores foram barrados, enquanto o acesso da imprensa foi restrito. A Confederação reabre às 6h desta quarta (26) e o velório prossegue até as 9h.

A partir desse horário, o corpo sairá em carreata sobre caminhão do Corpo de Bombeiros. O enterro está programado para as 11h, no cemitério de Irajá.

Entre as personalidades presentes ao velório, estão Tite, técnico da seleção brasileira; Zé Ricardo, técnico do Flamengo; Roberto Dinamite, ex-jogador e ex-presidente do Vasco da Gama; Carlos Leite e Reinaldo Pitta, empresários de futebol; Fred Luz, diretor-executivo do Flamengo; e os ex-jogadores Bebeto, Leandro Ávila e Gonçalves.

Do SporTV, canal onde trabalhava como comentarista, compareceram nomes como Luiz Carlos Júnior, Marcelo Barreto e Edinho, entre outros.

 

A morte do Capita: Craque por onde passou e autor de gol antológico

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos