Laterais não convencem e Cruzeiro tenta reforçar lado esquerdo para 2017

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro

    Edimar e Bryan (à direita) não são unanimidades no Cruzeiro

    Edimar e Bryan (à direita) não são unanimidades no Cruzeiro

Embora Edimar seja titular absoluto do Cruzeiro com Mano Menezes, diretoria e comissão técnica procuram um atleta para reforçar a lateral esquerda. Dois nomes já foram consultados: Diogo Barbosa, do Botafogo, e Renê, do Sport.

Contratado a pedido de Paulo Bento, o atual titular da posição encontrou não é uma unanimidade. O clube, portanto, já vislumbra a chegada de pelo menos dois jogadores para reforçar o setor.

Os nomes dos alvos já foram revelados. O mais desejado é Renê, de 24 anos. Atualmente no Sport, o jogador é avaliado em cerca de R$ 15 milhões. Este pelo menos é o pedido feito pela diretoria para liberá-lo.

Chapecoenseoficial / Flickr
Renê (à direita), lateral esquerdo do Sport, é alvo do Cruzeiro

A primeira negociação para a saída do jogador ocorreu em dezembro passado. À época, os mineiros fizeram uma consulta e o Dnipro tentou a sua contratação. Os pernambucanos, porém, recusaram a proposta de R$ 12 milhões pela saída do jogador.

Marcos Portela, empresário de Renê, foi procurado para conversar sobre a possibilidade de transferência em janeiro de 2017. Como o contrato do atleta com o time nordestino se encerra somente em dezembro do próximo ano, é necessário que haja acordo entre as agremiações.

O lateral esquerdo do Sport, contudo, não é o único desejo para a temporada que se aproxima. A diretoria sonha também com a chegada de Diogo Barbosa. Uma pessoa ligada à cúpula do Cruzeiro confirma que o desejo é ter os dois no elenco a partir de 2017.

Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Diogo Barbosa, lateral esquerdo do Botafogo, está na mira do Cruzeiro

A situação de Diogo é mais simples. Com os direitos presos ao Coimbra-MG, ligado ao Banco BMG, o jogador pode deixar o Botafogo, clube com o qual tem contrato até dezembro do próximo ano, a qualquer momento. Há uma cláusula que permite a saída de General Severiano em caso de compra da parte que pertence à instituição financeira.

O Cruzeiro já entrou em contato com Hyssa Elias Moysés, diretor do Banco BMG, para saber a situação do jogador. A intenção do detentor dos direitos do lateral é negociá-lo ao término desta edição do Campeonato Brasileiro.

A busca dos mineiros por atletas que atuem na lateral esquerda se deve ao fato de Edimar e Bryan não terem convencido totalmente comissão técnica e diretoria. Por mais que o primeiro apareça constantemente na escalação de Mano Menezes, ele ainda não é uma unanimidade nos bastidores da Toca da Raposa II.

Quer receber notícias do Cruzeiro de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos