A amigos, Neymar crê estar acima de CR7 e vê Messi x Suárez no Bola de Ouro

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona (ESP)

  • Manu Fernández/AP

    Para Neymar, disputa pela Bola de Ouro deveria ser entre ele e seus colegas de ataque do Barcelona

    Para Neymar, disputa pela Bola de Ouro deveria ser entre ele e seus colegas de ataque do Barcelona

Neymar crê que a temporada feita em 2016 já seria suficiente para poder ganhar pela primeira vez a Bola de Ouro, mas tem freado sua expectativa pelo favoritismo de Cristiano Ronaldo. O brasileiro considera ter feito um ano melhor do que o do português, mas entende que os títulos da Liga dos Campeões e da Eurocopa vão turbinar a imagem do jogador do Real Madrid. A opinião de Neymar é que ele deveria disputar a honraria com os companheiros de Barcelona, Luis Suárez e Lionel Messi, dupla que ele acredita estar na lista dos três melhores do mundo neste ano.

O UOL Esporte apurou que aos amigos próximos, Neymar acredita que poderia ganhar a Bola de Ouro pelo que fez na temporada, apesar de considerar muito difícil que isso aconteça. O brasileiro crê que as boas exibições em jogos sem Messi no Barcelona, a conquista da Olimpíada e a liderança das Eliminatórias para a Copa do Mundo, são aspectos que deveriam ser levados em consideração. 

O favoritismo de Cristiano Ronaldo na disputa deste ano não é bem visto por Neymar. A avaliação é de que o português teve queda técnica em 2016. Para o brasileiro, os títulos da Liga dos Campeões com o Real Madrid e da Eurocopa com Portugal são os responsáveis por alçar o português a um dos candidatos ao prêmio, porém não se tem levado em consideração o baixo rendimento individual do português.

A opinião de Neymar de que vive uma melhor fase do que o atacante do Real Madrid é a mesma da premiação referente ao ano de 2015. Na ocasião, Messi levou o prêmio de melhor do Mundo, e Cristiano Ronaldo ficou em segundo lugar. "Esperava que eu fosse o segundo melhor, mas não tem problema. Vou seguir com a caminhada para atingir o lugar mais alto", disse o brasileiro após conquistar o terceiro posto.

Neymar começou ano em baixa e termina em alta

O 2016 de Neymar foi irregular. O brasileiro teve início ruim, com poucos gols, e acompanhou Suárez deslanchar. O cenário ainda ficou pior com a queda do Barcelona para o Atlético de Madrid na Liga dos Campeões nas quartas de final.

O ano de Neymar só "engrenou" ao se aproximar da metade e segue em crescente. No período, o brasileiro conquistou os títulos do Campeonato Espanhol e da Copa do Rei, foi destaque na medalha de ouro do Brasil e fez ótimos jogos com a seleção principal. 

"Neymar teve que se acostumar com a ideia de que Messi e Suárez estavam em outro nível no Barcelona. Foi um ano complicado. É normal que não esteja entre os três melhores. Até entre os cinco pode se ausentar visto que Bale e Griezmann também tiveram grande ano", comentou o jornalista espanhol Bruno Alemany, dá rádio Cadena Ser.

Em 2016, Neymar tem 26 gols marcados. O líder Messi já fez 47 gols, enquanto Luis Suárez tem 42 e Cristiano Ronaldo tem 40.

O Bola de Ouro de 2016 tem mudanças consideráveis com relação às últimas edições. Agora, apenas jornalistas de todos os países têm direito a voto - técnicos e capitães das seleções foram cortados. Outras novidades são a ausência de uma lista com os três melhores e o anúncio antecipado para dia 13 de dezembro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos