Comitê multa Valencia, mas critica jogadores do Barça: "pouco exemplar"

Do UOL, em São Paulo

O Comitê de Competição da liga espanhola anunciou nesta quarta-feira (26) que aplicou uma multa de 1,5 mil euros (cerca de R$ 5,1 mil) ao Valencia por conta do arremesso de uma garrafa d'água em direção aos jogadores do Barcelona do duelo do último sábado, no Estádio Mestalla.

Porém, o comitê também criticou a atitude dos jogadores do Barcelona, que teriam exagerado na reação. As imagens mostram Neymar sendo atingido, mas outros jogadores da equipe caíram no chão. Além disso, o menor de idade que atirou a garrafa alega que foi provocado por Neymar.

"O referido comportamento pouco exemplar de alguns jogadores do Barcelona os desqualifica e ridiculariza por si só", diz o comunicado.

No lance em questão, Barcelona e Valencia empatavam por 2 a 2 até o último minuto de jogo, quando Suárez sofreu pênalti após assistência de Messi. O camisa 10 converteu a cobrança, e os jogadores do Barcelona foram comemorar perto dos torcedores do Valencia, de onde a garrafa d'água foi atirada, atingindo Neymar.

"Nada justifica ou ampara a reação imprópria de um número de energúmenos, mas não deve ser esquecido o comportamento repreensível por parte de alguns jogadores do Barcelona ao direcionar certos gestos e expressões ao público durante a celebração", diz o comunicado.
 
"Também não é precisamente um exemplo de esportividade a reação exagerada de alguns jogadores desse clube, que mesmo sem terem sido atingidos por qualquer garrafa, simularam ou fingiram simultaneamente serem atingidos por um objeto muito mais contundente do que a garrafa que atingiu só um deles", completa.
 
Resposta do Barcelona
 
O comunicado provocou indignação no Barcelona. O clube divulgou uma reposta condenando o tom do Comitê de Competição.
 
FC Barcelona considera o comentário feito pelo Comitê de Competição da Liga espanhola totalmente condenável e abusivo ao argumentar a sua resolução sobre os eventos que ocorreram no último sábado, no estádio Mestalla, durante o jogo do campeonato entre o Valencia CF e FC Barcelona.
 
Quando descreve sua versão dos fatos, quando inclui o "referido comportamento como pouco exemplar de alguns jogadores do Barcelona, os desclassifica e ridiculariza", o Comitê transforma em culpados as vítimas de comportamento claramente condenável e expressado de várias maneiras antes, durante e após o jogo: linguagem ofensiva, insultos ao árbitro por pessoas e meios que pertencem ao Valencia CF,  lançamento de objetos...
 
A Comissão cria um clima hostil e, em alguns casos até violento, levando a uma agressão contra jogadores do FC Barcelona, que só podem reagir expressando indignação com os acontecimentos que têm de suportar.
 
FC Barcelona entende que, após esta resolução, a Comissão vai se ocupar de analisar e julgar a correção da forma como seus jogadores celebram cada um de seus gols.
 
A Comissão deveria ter-se limitado a analisar os fatos e aplicar as regras existentes, evitando qualquer tipo de avaliação que, além de injusta, é incompatível com os princípios que devem reger as ações deste órgão.
 
FC Barcelona exige de todos os setores envolvidos responsabilidade e imparcialidade necessária para assegurar um jogo justo e de bom ambiente que devem prevalecer naquela que pretende ser a melhor liga do mundo.
 
Quer receber notícias do Barcelona de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos