Administrador de site que "pirateia" eventos esportivos é preso na Espanha

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Justiça já havia pedido fechamento do Roja Directa em 2015

    Justiça já havia pedido fechamento do Roja Directa em 2015

As autoridades da cidade da Corunha, na Espanha, anunciaram nesta quinta-feira a preisão de Igor Seoane, administrador do site Roja Directa. A página é especializada em streamings e transmite sem autorização diversos eventos esportivos ao redor do mundo.

De acordo com a imprensa espanhola, a prisão de Seoane é resultado de uma investigação conduzida sob sigilo pelo Juizado de Instrução Número 1 da Corunha. O responsável, que encabeça a empresa Puerto 80 Projects, prestava declarações à Justiça quando teve sua prisão decretada.

A punição é a segunda imposta pela Justiça espanhola ao Roja Directa em menos de um ano. Em novembro de 2015, as autoridades do país já haviam determinado o fechamento do site, atendendo a pedidos da DTS Distribuidora de Televisión Digital (responsável pela emissora Canal+).

O departamento de imprensa do Tribunal Superior de Justiça da Galícia informa, entretanto, que a prisão de Igor Seoane não é um desdobramento direto do pedido de fechamento de seu site no ano passado. Segundo o jornal catalão Sport, Seoane era testemunha do processo movido polo Canal+ contra a Puerto 80 – justamente a dona do Roja Directa original.

O site foi fundado em 21 de outubro de 2005 e foi registrado como empresa em novembro de 2011. Segundo as autoridades espanholas, todo o lucro gerado pelo endereço era procedente de casas de apostas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos