Presidente do Barça diz que Liga "causou polêmica e violência", diz rádio

Do UOL, em São Paulo

A polêmica entre o Barcelona e dirigentes da Liga Espanhola está longe de acabar após o episódio em que Neymar levou uma garrafada enquanto comemorava gol de Messi na partida contra o Valencia no final de semana. Depois de declarações do presidente da Liga, Javier Tebas, o presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu, criticou a postura do dirigente e o chamou para conversar.

De acordo com a rádio espanhola Cadena Ser, Bartomeu se irritou com declarações de Tebas, o qual disse  que a atitude dos jogadores do Barcelona "parecia um jogo de boliche. Sentiram a água. Todos vimos as imagens. Milhões de crianças estavam assistindo. Se meus filhos vissem eu fingindo ou algo parecido, teria vergonha de vê-los depois". O comentário foi feito em entrevista à emissora espanhola "SportYou".

Depois das declarações, o Barcelona chegou a se pronunciar por meio de comunicado oficial, mas, além disso, Bartomeu chamou Tebas para uma longa conversa.

Segundo a Cadena Ser, foi uma longa conversa entre os dois, na qual Bartomeu pediu explicações a Tebas por essas críticas e deixou claro que não gostou das declarações, as quais só geram polêmica e violência, de acordou o presidente do Barcelona. Bartomeu ainda ressaltou que "não é função do presidente da Liga julgar a atitude de jogadores do Barcelona". 

Quer receber notícias do Barcelona de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos