Ronaldo lamenta que golaço não tenha sido pelo Real e é chamado de traidor

Do UOL, em São Paulo

Ronaldo Fenômeno concedeu uma entrevista o programa Minuto 0, do canal espanhol Cero, na qual falou sobre sua carreira e também recordou o famoso gol que marcou contra o Compostela em 1996, pelo Campeonato Espanhol, quando defendia o Barcelona. Sobre o gol, o ex-atacante lamentou não tê-lo feito vestindo a camisa do grande rival do clube catalão.

"A única pena é que o gol contra o Compostela não foi com a camisa do Real Madrid", afirmou Ronaldo durante a entrevista.

No gol antológico, que completou 20 anos recentemente, Ronaldo arranca com a bola dominada do campo de defesa, supera as tentativas de falta e passa por quatro marcadores antes de balançar as redes. 

Após a declaração, Ronaldo virou alvo da imprensa catalã. Lluis Mascaró, diretor do jornal Sport, de Barcelona, chamou o brasileiro de "traidor". Ele diz que o Barça foi responsável por revelar o Fenômeno para o mundo, após tirá-lo do Campeonato Holandês, onde o atacante jogava pelo PSV.

Em seu artigo, o diretor de Sport coloca Ronaldo no mesmo bojo de jogadores que "se venderam ao dinheiro e ao poder do Madrid", como Laudrup e Figo. Ronaldo passou apenas uma temporada no Barcelona, onde fez 47 gols em 49 jogos. Depois, ele se transferiu para a Inter de Milão antes de assinar com o Real Madrid, onde ficou entre 2002 e 2007. 

Quer receber notícias do Real Madrid de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos