Jornal acusa Alexis Sánchez de sonegar R$ 3,5 milhões quando jogou no Barça

Do UOL, em São Paulo

  • Matt Dunham/AP

    Alexis Sánchez joga atualmente no Arsenal, da Inglaterra

    Alexis Sánchez joga atualmente no Arsenal, da Inglaterra

O atacante Alexis Sánchez, atualmente no Arsenal, foi acusado em um artigo do jornal espanhol El Periódico de Catalunya de sonegar impostos no valor de 983 mil euros (cerca de R$ 3,5 milhões em valores atuais) entre os anos de 2012 e 2013, quando atuava pelo Barcelona.

Segundo a publicação, o jogador não declarou corretamente suas receitas por direitos de imagem. Alexis recebeu esses valores por meio de uma empresa da qual ele mesmo era proprietário, e não como pessoa física. Como a tributação para pessoa jurídica é menor, ele teria deixado de pagar o valor devido à Receita espanhola.

O jornal ainda afirma que as empresas usadas por Alexis para gerir sua imagem (Alsan e Numidia) não possuem infraestrutura e serviram unicamente ao propósito de reduzir o valor do imposto pago pelo jogador.

O chileno não é o primeiro jogador ou ex-jogador do Barcelona envolvido em problemas com a Receita. Messi foi condenado a 21 meses de prisão em julho e recorre da decisão em tribunal superior; Mascherano pegou um ano de prisão e multa; e Neymar foi condenado na Justiça brasileira a pagar R$ 188 milhões em março, mas também recorre da decisão no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais).

Quer receber notícias de futebol internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos