Fernerbahce vence com gol de "meia bicicleta" e amplia a crise do United

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Murad Sezer Livepic

Nada parece dar certo para o Manchester United do técnico José Mourinho. Nesta quinta-feira (03), em Istambul, na capital da Turquia, o anfitrião Fenerbahce venceu o clube inglês por 2 a 1, com direito a um golaço de "meia bicicleta" marcado logo no começo da partida.

Aos 2 minutos de jogo, válido pela quarta rodada da Liga Europa, Moussa Sow aproveitou cruzamento vindo do lado esquerdo e fez movimento bonito – ainda que esquisito – para balançar a rede. Não foi uma bicicleta clássica, mas o atacante, de costas para o gol e na entrada da área, deu tapa na bola com força suficiente para encobrir o goleiro De Gea. Mais tarde, no segundo tempo, aos 16 minutos, Lens ampliou em cobrança de falta. Rooney diminuiu e fechou a conta. 

A derrota, com direito a gritos de "olé" da torcida turca e pressão dos visitantes na reta final, complica a situação do Manchester United no torneio continental. O clube, líder do Grupo A até o começo da rodada, agora é apenas o terceiro colocado, estacionado nos seis pontos.

O Fenerbahce, novo dono da ponta, foi a sete pontos com o triunfo, o mesmo que o holandês Feynoord, que assumiu a segunda colocação ao empatar com o Zorya, da Ucrânia.

Jogo quente: Ibra "aperta" rival

Reuters / Osman Orsal Livepic

Até pela situação ruim do Manchester United, o jogo, que se desenhou como mais uma derrota do time inglês desde os primeiros minutos, foi quente. Em duas oportunidades, houve confusão com rodinhas de jogadores discutindo. Uma delas teve Schneiderlin como protagonista, mas a "turma do deixa disso" agiu rápido. Na outra, o atacante sueco Zlatan Ibrahimovic se irritou com o adversário Kjaer e o pegou firme pelo rosto. José Mourinho se aprontou para apartar e o bate-boca foi encerrado sem maiores consequências.

Clima ruim? Pogba e Mourinho evitam troca de olhares

Reuters / Murad Sezer Livepic

Uma das estrelas do elenco do United, Pogba sofreu lesão aos 22 minutos do primeiro tempo. Tentou seguir em campo, mas não deu: foi substituído por volta dos 30. Ao sair de campo, flagrado pela transmissão, visivelmente insatisfeito, o jogador não dirigiu o olhar e nem palavras ao treinador José Mourinho. O português também não fez questão de interagir com o seu comandado. Ele, aliás, não estava pronto para a troca: não havia atleta preparado para entrar em campo quando Pogba decidiu deixar o jogo. Ibrahimovic foi chamado às pressas. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos