Nova técnica da seleção chora ao falar do pai e admite: "estou flutuando"

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/CBF

    Emily assumiu a seleção nesta semana

    Emily assumiu a seleção nesta semana

Emily Lima assumiu a seleção brasileira feminina de futebol nesta semana. Ela foi uma das convidadas do programa Encontro, da Globo, e se emocionou a falar da sua família.

"Com certeza, ele (meu irmão) é a pessoa que fez com que eu tivesse aqui. Falando sobre pai, foi um pai que me acompanhou toda minha carreira, meu irmão substituiu neste momento. É complicado chegar esse momento aqui. Devo tudo a eles (irmão e mãe)", falou.

A treinadora admitiu que ainda não caiu na realidade do cargo que passará a ocupar para o próximo ciclo olímpico.

"Eu ainda não senti. Estou flutuando ainda. Tudo que vem acontecendo, foi tudo muito rápido, de um dia para o outro, eu ainda estou colocando pé no chão e entendendo tudo que está acontecendo", completou.

Emily ainda voltou a reforçar que pretende pegar o máximo de experiência com o técnico Tite, treinador da seleção masculino. "Estive almoçando na CBF e ele sentou do meu lado, ficamos falando de futebol", finalizou.

Ainda jogadora, a técnica estreou na seleção portuguesa anos depois de seu pai, que sempre acompanhou sua carreira desde quando foi dente de leite e nasceu no país europeu, morrer.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos