Paulinho volta a BH após 7 a 1 e celebra "chance de reescrever história"

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Lucas Figueiredo/CBF

    Paulinho chega à hotel da seleção em Belo Horizonte; ao fundo, Renato Augusto

    Paulinho chega à hotel da seleção em Belo Horizonte; ao fundo, Renato Augusto

O retorno da seleção brasileira a Belo Horizonte naturalmente faz relembrar do vexame vivido frente à Alemanha, na Copa do Mundo de 2014. A equipe canarinho encara a Argentina, nesta quinta-feira (10), no mesmo Mineirão que a viu ser humilhada há dois anos. Mas o volante Paulinho, um dos atletas presentes no 7 a 1, faz questão de diferenciar os dois momentos.

"Não tem como fugir desse assunto. É natural. Mas fico tranquilo. São momentos completamente diferentes. O futebol é isso, agora te dá a chance de reescrever essa história. Não vamos reverter o que passou, mas podemos deixar uma boa impressão desta vez", projeta o volante, que entrou no decorrer da semifinal perdida em 2014 e agora é um dos jogadores de confiança do técnico Tite. "Temos uma nova oportunidade, uma nova chance e esperamos aproveitar. Estamos vindo de vitórias maravilhosas e queremos manter o ritmo."

Dos jogadores que atuaram naquele 8 de julho, quatro estarão de volta ao Mineirão nesta quinta. Além de Paulinho, William também entrou no decorrer do 7 a 1, enquanto Marcelo e Fernandinho foram titulares. Thiago Silva, Daniel Alves e Neymar jogaram o Mundial, mas não entraram em campo contra os alemães. Fernandinho chegou a Belo Horizonte um pouco antes de Paulinho e já está hospedado no hotel que servirá de concentração à seleção brasileira, mas preferiu não falar com a imprensa.

Fernandinho inclusive foi o primeiro atleta da seleção brasileira a chegar a capital mineira. Depois, por volta das 21 horas deste domingo (06), um grupo formado por Gil, Renato Augusto, Paulinho, Fagner, Lucas Lima, Rodrigo Caio, Douglas Costa e Alex Muralha chegou ao hotel. Tite e outros integrantes da comissão técnica acompanharam os jogadores. A expectativa é que Gabriel Jesus seja o próximo a desembarcar em Belo Horizonte, enquanto os convocados que atuam na Europa são esperados na segunda-feira.

A seleção pega a Argentina pela 11ª rodada das Eliminatórias para a Copa de 2018. O Brasil lidera com 21 pontos e mantém 100% de aproveitamento sob a batuta de Tite. Os argentinos, ao contrário, estão a três rodadas sem vencer e ocupam a sexta colocação, fora da zona que rende vaga no Mundial pelos critérios de desempate. O clássico será às 21h45 (de Brasília) de quinta-feira.

Quer receber notícias da Seleção Brasileira de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos