Renovação de L. Lima e Palmeiras deixam Guerra distante do Santos

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • AP Photo/Fernando Vergara

    Preço de Alejandro Guerra inflacionou com a concorrência e subiu para R$ 10 milhões

    Preço de Alejandro Guerra inflacionou com a concorrência e subiu para R$ 10 milhões

O meia Alejandro Guerra, do Atlético Nacional, da Colômbia, está cada vez mais distante do Santos. O clube paulista monitora a contratação do jogador desde que trouxe Copete, ex-companheiro de Guerra no time colombiano. No entanto, a concorrência do Palmeiras e a possível renovação de Lucas Lima deixaram o venezuelano mais distante da Vila Belmiro.

A diretoria santista está afadigada com a concorrência do Palmeiras no mercado da bola. O estopim foi a transferência de Keno, do Santa Cruz, para o rival da capital. O atacante esteve perto do Santos e se recusou a assinar a minuta do pré-contrato após receber a oferta dos palmeirenses.

Segundo a diretoria santista, o preço de Guerra inflacionou. O clube paulista estava disposto a pagar menos de R$ 5 milhões pelo jogador, mas o valor pedido pelo Atlético Nacional já chega a R$ 10 milhões. Além do Palmeiras, clubes da Europa sondaram o meia.

Se não bastasse, diretoria e comissão técnica avaliam que seria um investimento muito alto para um atleta que acabaria brigando por posição com o principal astro do time – o meia Lucas Lima. Isso porque Guerra atua centralizado no meio-campo, mesma função do camisa 10 do Santos.

Além disso, o venezuelano não possui características para atuar dos lados do campo, ajudando na marcação.

Desta forma, as negociações com Guerra só devem ser retomadas caso o meia Lucas Lima rejeite a proposta de renovação contratual com o Santos. Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, o meia da seleção brasileira não descartou o sonho de jogar na Europa, mas já admite até encerrar a carreira no clube paulista.

"Tiveram duas conversas, tem tudo para acontecer. Claro que não deram tanto andamento, mas a primeira conversa já teve, vamos ver até o final do ano o que vai acontecer. Se puder renovar até o resto da minha vida, renovo, sou muito feliz aqui. AS pessoas acham que quando falam que você quer jogar na Europa é ingratidão, mas muito pelo contrário, sempre serei grato ao Santos. As coisas começaram a dar certo no Inter e no Sport, mas aqui apareci para a seleção e o futebol", afirmou Lucas Lima.

Guerra segue na pauta, mas longe de ser uma das prioridades do clube para 2017. Além disso, o presidente Modesto Roma não está empolgado com a contratação do venezuelano. A contratação do meia seria uma obsessão de um outro dirigentes do clube.

Colombiano está contratado e 'novo Zeca' bem encaminhado

O Santos está bem perto de fechar com mais um reforço para a temporada 2017. Após acertar com o colombiano Vladimir Hernandez, o clube da Vila Belmiro – que também busca Gum para a zaga e Robinho para o ataque – praticamente selou a negociação com um dos destaques da Série B, segundo apurou o UOL Esporte. Trata-se do lateral ambidestro Matheus Ribeiro, de 23 anos, que hoje defende o líder Atlético-GO.

Quer receber notícias do Santos de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos