Zago fica no Juventude, mas com cláusula que pode animar times da Série A

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCA ERBES/AGÊNCIA FREE LANCER/ESTADÃO CONTEÚDO

    Boa temporada com o Juventude pode levar Antônio Carlos a trocar de clube

    Boa temporada com o Juventude pode levar Antônio Carlos a trocar de clube

Antônio Carlos Zago vai renovar com o Juventude. Treinador do time vice-campeão gaúcho, promovido à Série B do Brasileirão e que caiu somente nos pênaltis nas quartas de final da Copa do Brasil, ele terá acordo para deixar o Alfredo Jaconi em caso de oferta tentadora de algum clube da primeira divisão.

E as propostas devem chegar. Um dos interessados é o Internacional, que sonda o mercado atrás de treinador. Oficialmente ainda não houve conversa entre o clube gaúcho e o ex-zagueiro e agora técnico.

A definição do comandante do Inter passa pelo futuro do time, que luta para não cair, e eleição presidencial. Marcelo Medeiros e Pedro Affatato disputarão os votos de 67 mil sócios em 10 de dezembro.

Confira a entrevista de Zago ao UOL Esporte.

UOL Esporte: Como você define essa temporada à frente do Juventude?

Zago: Recomeço. Recomeço na minha carreira como treinador. Depois de ter feito os cursos que fiz lá fora, o primeiro ano de tudo aquilo, foi importante.

UOL Esporte: O telefone anda tocando muito para saber qual será seu destino em 2017?

Zago: Oficialmente não, sempre especulação e muita especulação. Pessoas perguntando e tal. Mas devo renovar com o Juventude.

Quando você assina com o Juventude?

Quinta-feira (10) vou me reunir com o Juventude. Deve ser um ano, mas a proposta do Juventude era um contrato até o final de 2018. Aqui no Brasil é difícil assinar dois anos, mas quem sabe...

Nessa renovação pode aparecer uma cláusula de liberação para time de Série A?

Sim, já tive uma conversa com o presidente e ficou acertado isso também (cláusula para saída para time de Série A). Conheço ele (Roberto Tonietto, presidente do Juventude) desde 2005, existe uma amizade grande e o que foi feito neste período no clube também tem ligação com isso. Pode até ter essa cláusula, se vier proposta boa, projeto bom, quem sabe?

Você foi procurado por alguém do Internacional para trabalhar no clube ano que vem?

Só sei em relação ao Inter, e até Grêmio, pela imprensa. Indireta ou diretamente ligados ao clube que talvez no ano que vem tenham possibilidade de me contratar. Mais no Inter, o Renato vem fazendo bom trabalho e é difícil imaginar uma saída dele. Mas oficialmente ninguém me procurou, não.

O Juventude tem muitos jogadores especulados no mercado. Como está esse trabalho para o ano que vem?

Vida de treinador é terminar um campeonato e planejar o outro no dia seguinte. Agora a prioridade é a renovação dos principais jogadores, eles ajudaram muito em todo o processo. Os mais experientes vieram para ajudar, a política do Juventude é trabalhar a base, e eles ajudaram muito mesmo. Vamos renovar com eles e tentar mais quatro ou cinco no Gauchão e criar uma base. Com ela, vamos para Série B do ano que vem.

Treinador de futebol consegue aproveitar as férias? Desligar mesmo?

A gente desliga pouco. Mais é no final de semana, um churrasquinho com os amigos de infância para lembrar a vida. Rola um papo diferente, mas na segunda-feira a gente trabalha de novo. Eu fico aqui em Prudente (interior de São Paulo) até quarta-feira, vou para Caxias e fico duas semanas lá. Talvez eu volte no final do ano. Eu não me desligo totalmente...

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos