Com Cueva decisivo, Peru vira sobre o Paraguai e embola briga por vagas

Do UOL, em São Paulo

O Peru ainda está fora da zona de classificação das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, mas conseguiu um importante resultados nesta quinta-feira em busca de sua vaga. Jogando em Assunção pela 11ª rodada da disputa, a seleção comandada pelo técnico Ricardo Gareca venceu o Paraguai de virada por 4 a 1, com destaque para a atuação de Christian Cueva.

O meia-atacante são-paulino deu o passe para o segundo gol da vitória, e ainda marcou o terceiro. Assim, ajudou o Peru a chegar a 14 pontos em 11 jogos, próximo dos times que brigam por vagas – a Colômbia, terceira colocada, tem 18 pontos. O Paraguai, por sua vez, tem 15 pontos e também está na disputa.

Jogando em casa, os paraguaios balançaram as redes logo aos 10 min do primeiro tempo. Após jogada pela esquerda, Federico Santander se esticou e evitou a saída de bola pela linha de fundo; na sequência tocou para trás para Cristian Riveros, que abriu para a direita na área e bateu colocado, sem chances para o goleiro Pedro Gallese.

O Peru, porém, empatou aos 4 min, em cruzamento pela esquerda que Christian Ramos cabeceou. E, de quebra, virou aos 26 min: após roubada de bola no meio de campo, Christian Cueva arrancou pela direita e rolou de lado na entrada da área para Edison Flores mandar para o gol.

De quebra, o são-paulino ainda marcou o seu aos 34 min da etapa final. Após longo lançamento, Cueva arrancou, dividiu com o goleiro Diego Barreto, recuperou a bola, girou e chutou da entrada da área. Para piorar, aos 40 min, Edgar Benitez tentou cortar o cruzamento dos peruanos e marcou contra, encerrando a vitória.

O Peru volta a entrar em campo na próxima quarta-feira (16), quando recebe o Brasil. O Paraguai, por sua vez, tenta reagir jogando contra a Bolívia fora de casa, em partida na terça-feira (15).

Josef Martínez brilha, e Venezuela goleia

Quem também venceu com autoridade nesta quinta-feira foi a Venezuela, que recebeu a Bolívia e goleou: 5 a 0. Josef Martínez, atacante que defende o Torino (Itália), marcou três vezes.

Diante de sua torcida, os venezuelanos precisaram de pouco tempo para abrir boa vantagem. De cabeça, Jacobo Kouffati fez 1 a 0 aos 3 min do primeiro tempo; sete minutos depois, também de cabeça, Josef Martínez ampliou.

No segundo tempo, os donos da casa deslancharam. Martínez marcou mais duas vezes, aos 22 min e aos 25 min, e Romulo Otero, jogador do Atlético-MG, fez 5 a 0 aos 29 min.

Apesar do resultado elástico, a Venezuela chegou a cinco pontos em 11 jogos, subindo para a vice-lanterna das Eliminatórias Sul-Americanas. A última posição é justamente da Bolívia, que contabiliza quatro pontos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos