Para Leonardo, mau começo de Gabigol na Itália 'reflete o momento da Inter'

Do UOL, em São Paulo

  • AP/Luca Bruno

    Ex-técnico da Inter diz que ainda é cedo para fazer críticas a atacante brasileiro

    Ex-técnico da Inter diz que ainda é cedo para fazer críticas a atacante brasileiro

Leonardo está confiante com a chegada de Gabigol à Inter de Milão. Técnico da equipe na temporada 2010/2011, o brasileiro espera que o atacante cresça de rendimento junto com a equipe, que faz um começo de temporada 2016/2017 inconstante.

"Gabigol reflete o momento da Inter. Você não pode fazer um grande investimento e depois dizer que o menino não está pronto para a Itália", disse Leonardo, em entrevista ao jornal italiano La Stampa.

No Campeonato Italiano, a Inter tem apenas 17 pontos em 12 rodadas, ocupando a nona colocação. A liderança é da Juventus, que contabiliza 30 pontos.

Nestas 12 primeiras rodadas, Gabigol entrou em campo em apenas um jogo - contra o Bologna, em 25 de setembro. Na ocasião, saiu do banco aos 29 min do segundo tempo e não conseguiu balançar as redes. O jogo em Milão terminou empatado em 1 a 1.

A chegada de Gabigol à Inter só foi possível graças à interferência de Kia Joorabchian, empresário responsável por levar a oferta dos italianos ao Santos. Kia também foi um dos responsáveis pela transferência do meia João Mário, ex-Sporting, para a equipe milanesa em 2016.

Para Leonardo, a influência do agente na Inter é "uma anomalia do sistema". "Em uma estrutura, você entra por capacidade ou porque há buracos. Se você não for organizado, precisa confiar nos outros. É como comprar uma passagem aérea: ou você vai na companhia aérea ou escolhe uma agência de viagens", comparou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos