Há 5 meses no Cruzeiro, Ramón Ábila revela procura de chineses

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Juliana Flister/Light Press/Cruzeiro

    Atacante argentino Ramón Ábila comemora gol marcado pelo Cruzeiro

    Atacante argentino Ramón Ábila comemora gol marcado pelo Cruzeiro

A trajetória de Ramón Ábila, conhecido como Wanchope, pelo Cruzeiro pode ser mais curta do que se imagina. O centroavante admite que o seu agente foi procurado por um clube da China com o intuito de se transferir na próxima janela de transferências. Tévez também estaria entre os objetos de desejo dos asiáticos.

"Meu representante me disse que estão dispostos a levar eu ou Tévez para a China", afirmou o centroavante estrangeiro em entrevista ao Fox Sports da Argentina.

O atleta foi contratado, em julho deste ano, por US$ 4 milhões (R$ 13,7 milhões na cotação atual). Os mineiros detêm 50% dos direitos econômicos do jogador e o contrato se encerra em 30 de junho de 2020.

O restante dos direitos de Wanchope está avaliado em 3,5 milhões de dólares (R$ 12,05 milhões). O Cruzeiro precisa negociá-lo em até três temporadas. Caso contrário, será obrigado a adquirir a metade pertencente ao Huracán, da Argentina pelo valor estipulado em contrato.

Quer receber notícias do Cruzeiro de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos