Abad define nomes que farão reformulação no departamento de futebol do Flu

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Uma das promessas de campanha de Pedro Abad, candidato da situação para as eleições do Fluminense no dia 26 de novembro para o próximo triênio. No organograma definido pelo ex-presidente do conselho fiscal três profissionais ocuparão cargos no departamento de futebol, que seria totalmente reformulado. O UOL Esporte apurou que eles serão Marcelo Teixeira, Alexandre Torres e Fernando Gonçalves.

Após o grande trabalho realizado em Xerém, Marcelo Teixeira seria o responsável pela integração do futebol profissional com as categorias de base. Além de um reconhecimento dos feitos, Teixeira voltaria aos profissionais após 2011, quando foi o gerente de futebol.

Fernando Goçalves, por sua vez, seria o responsável pelo futebol profissional. Assim como Marcelo Teixeira, também se trata de uma volta ao Fluminense. Ele foi um dos responsáveis por montar o time campeão da Copa do Brasil em 2007 e de trazer nomes como Thiago Silva, Cícero e Thiago Neves. Atualmente no Flamengo, ele é uma espécie de consultor do diteor-geral Fred Luz. O dirigente é o principal entusiasta da contratação de Vitinho pelo Rubro-negro.

Por último, o Fluminense precisava de alguém que fosse o homem de confiança da diretoria, que coordenaria as duas funções. O escolhido é Alexandre Torres, filho do capitão do Tri, Carlos Alberto Torres, que faleceu há poucos dias vítima de infarto.

Quer receber notícias do Fluminense de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos