Dida começa nova carreira como auxiliar de Seedorf em time chinês

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Vinicius Costa/Agência Preview.com

    Dida deixou Inter no final de 2015 e fez curso de treino junto à CBF

    Dida deixou Inter no final de 2015 e fez curso de treino junto à CBF

Aposentado desde dezembro, Dida já tem uma nova carreira a seguir. O ex-goleiro iniciou na função de auxiliar técnico ao lado de Seedorf, em um clube da China. Como integrante do Shenzhen FC, da segunda divisão, o antigo camisa 1 da seleção brasileira migrou de vez para fora do campo.

A mudança já era ensaiada há tempos. Ainda em 2015, Dida fez curso de Gestão Técnica no Futebol, na Universidade do Futebol, e depois concluiu a 'licença A' junto à CBF. O curso promovido pela entidade é o único no Brasil reconhecido pela Conmebol e Fifa e dá habilitação para função de treinador.

No começo da atual temporada, o ex-goleiro da seleção, Vitória, Cruzeiro, Corinthians, Portuguesa, Grêmio e Inter fez período de observação justamente no Beira-Rio. Chamado popularmente de estágio, ele consta como exigência para conclusão do curso de treinador.

Seedorf e Dida jogaram juntos no Milan. O holandês foi anunciado como treinador do Shenzhen FC no começo de julho, mas a ida do antigo colega para a China ocorreu depois.

A temporada na segunda divisão chinesa já acabou e Dida voltou ao Brasil, onde deverá definir os próximos passos da carreira. O Shenzhen FC, mesmo com trabalho dos multicampeões, ficou longe do topo da tabela. A equipe terminou em nono lugar, com 40 pontos.

Quer receber notícias de futebol de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos