Reserva na Roma não atrapalha Alisson na seleção: 'Confiança importa mais'

Do UOL, em São Paulo

  • Li Ming/Xinhua

    Alisson disse que derrota para o Peru na Copa América Centenário já ficou para trás

    Alisson disse que derrota para o Peru na Copa América Centenário já ficou para trás

Alisson tem ficado no banco de reservas na Roma, mas não vê isso como um problema na seleção brasileira. Para o goleiro, a confiança dentro de campo compensa a falta de jogos na Europa. Tanto que ele comemora as boas atuações pelo Brasil, como na vitória por 3 a 0 sobre a Argentina. O jogador ainda disse que a equipe superou a derrota para os peruanos na Copa América Centenário, quando o Brasil foi eliminado ainda na primeira fase.

"Gostaria de jogar todas as partidas, pode ter certeza disso. Estou trabalhando para isso, mas estou dando meu máximo nos poucos que estou jogando. No dia a dia dos treinamentos, também venho me dedicando ao máximo para não estar com falta de ritmo quando chegar aqui. Acredito que não venha sendo um problema para mim. Dentro de campo tenho me sentido confiante. Acredito que isso é mais importante que o número de jogos", disse o jogador.

A seleção não leva gols há três partidas, e o bom desempenho da defesa foi destacado por Alisson. "É importante para mim, para toda a equipe, e para quem nos acompanha. Hoje o futebol se baseia muito em números, em resultados, então os números estão a nosso favor, tanto no setor ofensivo como no defensivo. A gente tem que trabalhar da mesma maneira que viemos trabalhando. Isso é um mérito nosso, do Tite, que vem nos ajudando muito."

O goleiro ainda relembrou a derrota por a 1 a 0 para os peruanos na Copa América Centenário, que selou a eliminação da equipe ainda na primeira fase da competição. Um episódio superado, segundo Alisson, que fez uma projeção da partida da próxima quarta.

"A gente espera uma partida difícil. Mas a gente tem que focar muito no nosso trabalho, olhando muito mais para a gente que para o adversário. O Peru vem num momento que vem crescendo. Aquele foi um jogo a parte, um episódio infeliz, mas a gente já virou a página, deixamos isso no passado e vamos nos concentrar para essa próxima partida", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos