Renato Gaúcho se incomoda com comentários sobre folga: "Cuide da sua vida"

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Renato Gaúcho não gostou de algo que ouviu sobre seu período de folga

    Renato Gaúcho não gostou de algo que ouviu sobre seu período de folga

Renato Gaúcho surpreendeu na entrevista coletiva desta segunda-feira (14). Antes de qualquer pergunta, foi aos microfones e indagou os jornalistas presentes se alguém possuía questionamentos sobre sua folga (junto aos jogadores, no fim de semana). Em seguida, se mostrou irritado com comentários sobre a ida ao Rio de Janeiro no período vago. 

"Alguém tem alguma pergunta pra fazer sobre a minha folga? Ninguém tem? Então podem começar as perguntas", disse. "A folga é dada por mim, os jogadores mereceram a folga, até porque o Grêmio não foi o único que fez isso, todos fizeram. E tem muita gente se preocupando onde o Renato Portaluppi vai na folga, este pessoal não deve ter família para se preocupar comigo. Folga é folga, vou para onde quiser. As pessoas tem que parar de ficar cutucando. Eu adianto. Toda folga que eu tiver vou pro Rio. Ponto, não se fala mais nisso", disse. 
 
Em seguida, Renato voltou a se mostrar irritado com qualquer comentário feito sobre sua folga. Não revelou nomes ou indicou a quem se referia nas palavras, mas se mostrou desconfortável com algo que tenha ouvido enquanto esteve fora. Foram dois dias, sábado e domingo, junto aos demais jogadores do Grêmio. E o treinador foi para o Rio de Janeiro, como costuma fazer no período livre. 
 
"Não me incomoda, não. Só que estou aqui para me defender, por isso dou espaço para perguntarem. Vão cuidar da sua família, eu tenho família no Rio, ninguém pediu dispensa. O grupo ficou treinando e eu fui? Não. Fui na minha folga. Foi a segunda vez que fui para o Rio. Gostaria de saber se alguém perguntou isso na folga do Inter, onde foi o Celso Roth? Não me lembro. Até porque não cabe a vocês. Ele pode ir para onde quiser. Agora, quando é o Renato Gaúcho, meu Deus. Mas eu não sou água no deserto. Deu deu uma vida e um CPF para cada um. Cuido da minha vida. E os outros que cuidem das suas vidas", completou. 
 
O período de folga foi justificado pela ausência de espaço no calendário até o fim do ano. Na final da Copa do Brasil, o Tricolor não poderá mais dar este descanso aos jogadores. Nesta segunda, o elenco se reapresentou e trabalhou forte no CT Luiz Carvalho. 
 
O Grêmio encara o São Paulo na quinta-feira, fora de casa. Kannemann e Edílson estão fora da partida. 
 
<div style="color: rgb(33, 33, 33); font-family: " segoe="" ui",="" "segoe="" wp",="" ui="" wpc",="" tahoma,="" arial,="" sans-serif;="" font-size:="" 15px;="" margin:="" 0px;"=""> Quer receber notícias do Grêmio de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.
 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos