"Ano perdido" faz James Rodríguez ter titularidade questionada na Colômbia

Do UOL, em São Paulo

  • Juan Mabromata/AFP

Reserva no Real Madrid, James Rodríguez pode ter o mesmo destino na seleção colombiana. Sem mostrar bom futebol pelo seu país, o camisa 10 começou a ter sua titularidade questionada pela imprensa local após atuação apagada contra a Argentina na terça-feira (15), em partida das eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2018.

O "El Tiempo" chamou 2016 de "um ano perdido" para o jogador, preterido pelo técnico Zinedine Zidane na Espanha e sem brilho na Colômbia. Segundo o jornal publicou em seu site, o meio-campista nunca mais repetiu o as apresentações que teve na Copa do Mundo de 2014, quando se destacou como um dos candidatos a melhor da competição. "Sua magia está apagada e sua raiva interna acesa", publicou.

Ao relatar a partida contra os argentinos, o "El Espectador" observou que James "não passa por um bom momento" e qualificou seu desempenho em campo como "ansioso, impreciso e mais dedicado a brigar do que jogar".

A titularidade na seleção foi questionada pelo diário "El Colombiano", que pensou se a falta de regularidade pelo Real Madrid tem lhe tirado o ritmo de jogo. Capitão da Colômbia, ele jogou apenas cinco vezes pelo clube espanhol na temporada, sendo apenas duas como titular, com um gol marcado.

Por fim, o "El Pais" publicou que o meia "não apareceu quando mais se precisou. Em uma partida de alta tensão não foi visto".

A Colômbia de James Rodríguez caiu para sexta colocação nas eliminatórias com a derrota por 3 a 0 para a Argentina, ficando fora dos cinco que estariam classificados para a Copa de 2018, sendo o último deles com vaga na repescagem.

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos