Bauza apoia jogadores e recorda momento difícil: me cortaram em pedacinhos

Do UOL, em São Paulo

O técnico argentino Edgardo Bauza mostrou apoio aos jogadores de sua seleção por terem decidido romper com a imprensa do país após a vitória sobre a Colômbia, nesta terça (15). O treinador relembrou que ele mesmo já sofreu com as duras críticas de jornalistas.

"Eu falei com os jogadores e foi uma decisão deles. Foram duas semanas com muitas agressões, fora do âmbito do futebol e muito além de jogar bem ou mal. Quando as críticas superam o esporte, algo está acontecendo. Também me cortaram em pedacinhos, mas bem, estou acostumado a isso. Os jogadores vinham falando, não é de agora. Eles vinham falando e eu apoio essa decisão. Combinamos que eu seria o único que falaria", disse Bauza depois do comunicado dos atletas.

Bauza ainda comemorou a vitória e ressaltou que o grupo sempre o apoiou mesmo nos momentos em que a seleção argentina teve dificuldades nas eliminatórias.

"É um grupo extraordinário e dividem tudo. Para mim isso é uma tranquilidade. Eu nunca senti que os jogadores não me apoiavam ou tivessem problema com minhas ideias. Eles têm uma predisposição que é importante e isso aconteceu desde o primeiro dia", comentou,
 

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos