Brasil vence Peru, dispara na liderança e encaminha vaga na Copa-2018

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Lima (Peru)

O Brasil está com um pé na Rússia. Com gols de Gabriel Jesus e Renato Augusto, a seleção venceu o Peru por 2 a 0 em Lima e encaminhou a sua classificação para a Copa do Mundo de 2018. Agora com 27 pontos, a equipe está a um empate de alcançar a pontuação traçada como objetivo por Tite e sua comissão técnica para selar a vaga no Mundial.

Sob o comando de Jesus, que chegou a cinco gols e duas assistências em seis jogos com a seleção, Philippe Coutinho e Neymar, a equipe brasileira esbanja confiança e alcançou a sexta vitória consecutiva na era Tite.

Mais do que isso: o time lidera a Eliminatória sul-americana com quatro pontos de vantagem para o Uruguai, o vice-líder que perdeu para o Chile nesta rodada, e a oito da Argentina, o último time da zona de classificação. O Peru, por sua vez, começa a se distanciar do sonho de classificação e estaciona nos 14 pontos na 8ª colocação. No fim da partida, alguns torcedores até invadiram o campo para tentar a foto com seu ídolo, especialmente Cueva, mas não tiveram sorte.

A seleção brasileira agora demorará a se reunir novamente. O próximo jogo está marcado apenas para o dia 23 de março, contra o Uruguai, em Montevidéu. Cinco dias depois, a equipe encara o Paraguai em solo brasileiro, em cidade ainda a definir.

Pressão inicial do Peru para na trave

O Peru começou surpreendendo o Brasil e marcou a equipe em linha alta, dificultando a saída da equipe de Tite. Daniel Alves, inclusive, errou um perigoso passe logo no primeiro minuto e viu Cueva fazer jogada perigosa dentro da área. O são-paulino só parou após cair dentro da área e reclamar de pênalti.

Seis minutos depois, Cueva apareceu bem mais uma vez e colocou Carillo na cara de Alisson. Pela esquerda, na entrada da pequena área, o peruano chutou e acertou o pé da trave no chute cruzado.

Brasil acorda após susto

O barulho da trave fez o Brasil acordar. Imediatamente após o susto, Miranda roubou bola na pequena área e acionou Gabriel Jesus. De primeira, o palmeirense colocou Neymar para correr. O atacante do Barcelona colocou o zagueiro para bailar e tocou para Paulinho. O volante chutou e parou nas mãos de Gallese.

Perto do apito final do primeiro tempo, Fernandinho recebeu cruzamento dentro da pequena área, mas se atrapalhou na hora de cabecear e colocou para fora.

Peru tenta repetir pressão inicial, mas...

O Peru tentou começar os primeiros minutos do segundo tempo assim como foi no primeiro, pressionando o Brasil. A equipe até que fez a bola chegar na área do Brasil, mas não assustou Alisson. A diferença é que logo na primeira resposta brasileira o placar foi inaugurado. Após boa jogada de Philippe Coutinho, a bola sobrou para Gabriel Jesus que bateu de primeira e abriu o placar.

AP Photo/Martin Mejia

Domínio do meio-campo

Após abrir o placar, o Brasil praticamente dominou as ações controlando o meio-campo. A seleção peruana tentou mudar o destino do jogo adiantando as suas linhas, mas esbarrou na boa marcação de Fernandinho, Paulinho e Renato Augusto. Esse último, aliás, foi o autor do segundo gol após excelente passe adivinha de quem...

Jesus não perdoa

De Gabriel Jesus! O palmeirense participou de praticamente todos os lances de perigo da seleção brasileira. Mesmo quando não tocava na bola, levava a marcação junto com ele para abrir espaço para os companheiros, sem contar a importante participação na hora da marcação. Com o gol desta quarta-feira, ele chega aos cinco gols em seis jogos pela seleção. Está bom ou quer mais? Tem mais: além de ter dado assistência na última partida para Neymar marcar contra a Argentina, ele deu outro passe para gol neste jogo, para o gol de Renato Augusto.

AP Photo/Martin Mejia

Recordes

Com a vitória, o Brasil de Tite iguala o recorde da seleção comandada por Saldanha na campanha para a Copa de 1970, com seis vitórias consecutivas nas Eliminatórias e alcança a terceira maior sequência de invencibilidade de sua história. Tite está 100% no comando da seleção brasileira. A equipe ainda tem o melhor ataque, com 27 gols, a melhor defesa, com nove gols sofridos e o que menos perdeu: apenas para o Chile na estreia, ainda sob o comando de Dunga.
Por fim, o Brasil mantém uma invencibilidade histórica contra o Peru: nunca os pentacampeões foram derrotados por eles em uma Eliminatória.

O que os blogueiros acharam?

Os blogueiros do UOL começaram a sentir o "cheirinho da vaga". Paulo Vinicius Coelho, o PVC, disse que Brasil jogou bem, mas o importante é ter boas chances de ser campeão na Rússia. Menon, por sua vez, já comemora que o bom futebol, símbolo do país, voltou. Júlio Gomes vai além e diz que o Brasil é no momento a melhor seleção do mundo. Juca Kfouri já vê a Praça Vermelha, em Moscou, ficar verde e amarela.

FICHA TÉCNICA
PERU 0 x 2 BRASIL

Data: 16/11/2016, quarta-feira
Hora: 00h15 (horário de Brasília)
Local: Estádio Nacional de Lima (Peru)
Árbitro: Wilmar Roldan (Colômbia)
Auxiliares: Cristian de La Cru e John Leon (ambos da Colômbia)
Cartões amarelos: Nilson Loyola e Cueva (PER); Renato Augusto (BRA)
Gols: Gabriel Jesus, aos 12 minutos do 2º T e Renato Augusto, aos 32 minutos do 2º T

Peru: Gallese; Corzo (Adivíncula), Ramos, Rodríguez e Loyola; Victor Yotún, Aquino, Andy Polo (Sánchez) e André Carrillo (Ruidíaz); Cueva e Guerrero
Técnico: Ricardo Gareca

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luis; Fernandinho, Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho (Douglas Costa) e Neymar; Gabriel Jesus (Willian)
Técnico: Tite

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos