Lateral alemão freia planos de jogar nos EUA após eleição de Donald Trump

Do UOL, em São Paulo

  • Boris Streubel/Getty Images

Lateral direito do Wolfsburg, time alemão, Marcel Schäfer tinha planos de encerrar a carreira nos Estados Unidos. Tinha. A eleição do republicano Donald Trump ao cargo de presidente do país está fazendo com que o jogador repense seu futuro. 

"Quando olho para a campanha dele, percebo que há muitas ideias que são incompatíveis com os valores que defendo", explicou Schäfer ao jornal Sport1, da Alemanha. 

O atleta de 32 anos está no Wolfsburg há mais de uma década e tem contrato com a equipe até a metade de 2017. Depois, planejava encontrar um clube na MLS (Major League Soccer, principal torneio dos EUA). "A eleição de Trump me fez repensar".

Marcel Schäfer, no Wolfsburg, venceu o Campeonato Alemão na temporada 2008/09 e a Copa da Alemanha em 2014/15. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos