Klopp defende Rooney: "antigamente os ídolos bebiam e fumavam como loucos"

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Carl Recine Livepic

O técnico do Liverpool Jurgen Klopp defendeu Wayne Rooney depois de o jornal britânico The Sun publicar fotos do jogador embriagado relembrando que no passado os "atletas bebiam como uns demônios e fumavam como loucos".

"Eu sinto muito pelos jogadores. Eu sei que estamos no lado bom da vida, ganhamos muito dinheiro no trabalho em que amamos, mas no final, talvez vocês se surpreendam, mas somos todos humanos também. Algumas vezes somos convidados para casamentos, aniversários, e ainda podemos agir como profissionais e dizer que 'não bebemos'. Ou se você fuma dizer: 'por favor, fique longe porque não quero ser um fumante passivo'. Não é assim que a vida funciona", disse Klopp em entrevista coletiva nesta quinta (17).

O treinador ressaltou que os jogadores hoje em dia são mais profissionais como nunca foram e lembrou como era antes. "Estes caras, esta geração, é a geração mais profissional de atletas. Não só na Inglaterra", ressaltou.

"Todos os caras, as lendas que amamos e admiramos, eles bebiam como demônios e fumavam como loucos, mas ainda assim eram bons jogadores. Ninguém faz mais isso. Eu não conheço ninguém atualmente. É o momento. Quando você está no lugar errado, na hora errada, não é bom como profissional. Eu não tenho ideia onde Wayne estava, mas eu tenho certeza que não foi nada muito sério", completou o treinador.

Quer receber notícias do futebol inglês de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos