Neymar ajuda Barcelona por "parça" Coutinho, mas sonho é difícil

Pedro Ivo Almeida e Pedro Lopes

Do UOL, em Lima (Peru) e São Paulo

  • Luka Gonzales/AFP

    Amigos Neymar (e) e Philippe Coutinho brincam durante treino da seleção brasileira

    Amigos Neymar (e) e Philippe Coutinho brincam durante treino da seleção brasileira

Amigos desde as categorias de base na seleção brasileira, Neymar e Philippe Coutinho vivem uma parceria em grande fase na equipe principal do Brasil e foram fundamentais nas vitórias sobre Argentina e Peru. Entrosado, o atacante agora dá uma "mãozinha" para reeditar a dupla no Barcelona, o que passaria pela saída do meia da Inglaterra, onde defende o Liverpool.

O UOL Esporte apurou que Neymar tem conversado com Coutinho sobre a possibilidade de uma transferência para a Catalunha; ao mesmo tempo, pessoas próximas ao atacante afirmam que ele também conversou sobre o meia com o Barcelona, passando referências e aprovando a contratação.

O clube espanhol tem monitorado de perto as atuações do jogador e tem interesse na contratação, mas ainda não apresentou nenhuma proposta - a tendência é que isso não aconteça pelo menos até janeiro.

Além da amizade fora de campo, o desejo de reeditar a dupla passa pelo entrosamento nas últimas partidas pela seleção – em Coutinho, Neymar encontrou um parceiro ideal para dividir a criação das principais jogadas brasileiras.

Nas Olimpíadas, o camisa 10 brasileiro sofreu com a falta de um meia, e acabou deslocado para o setor na reta final. Atuando mais centralizado e recuado, de forma diferente do que costuma fazer no Barça, conquistou o ouro olímpico.

Obstáculos passam pelos altos valores e setor cheio no Barcelona

Apesar da vontade de Neymar, a vinda de Coutinho à Espanha é vista com dificuldades até pelo estafe do jogador. A renovação de contrato do meia com o Liverpool foi feita justamente para afastar o assédio de outros grandes europeus – o novo acordo vai até 2020 e não tem valor fixo de cláusula de rescisão, fazendo com que o potencial interessado precise, obrigatoriamente, chegar a um acordo com o clube inglês.

O provável investimento altíssimo aliado às várias opções que o Barcelona já tem no setor ofensivo também afetam a possibilidade de uma transferência no curto prazo – Coutinho é um dos principais jogadores e vive grande fase no Liverpool.

Além de Neymar, o meia encontraria outro amigo e ex-companheiro em Luis Suárez. Se a transação não avançar, Coutinho e Neymar só voltam a se encontrar em campo em março, pela seleção brasileira, novamente nas Eliminatórias.

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos