Solitinho, goleiro da "Democracia Corintiana", morre aos 56 anos

Do UOL, em São Paulo

  • Fernando Santos/Folhapress

    Solitinho durante a temporada 2003, quando era preparador de goleiros do Corinthians

    Solitinho durante a temporada 2003, quando era preparador de goleiros do Corinthians

O ex-goleiro Solitinho morreu nesta segunda-feira em São Paulo aos 56 anos. Parte do elenco da Democracia Corintiana, Carlos Roberto Solito lutava contra um câncer e estava paraplégico havia alguns anos.

O Corinthians confirmou a morte por meio das redes sociais. Solitinho disputou 34 jogos com a camisa do clube paulista, entre 1980 e 1982 - ele fez parte do elenco campeão paulista de 1982, o primeiro estadual da "Democracia".

O ex-arqueiro foi titular em 1980 e 1981 e depois viu seu irmão, Cláudio Roberto Solito, o Solito, assumir a camisa 1. Preparador de goleiros do Corinthians no começo da década passada (em 2005, no time profissional), Solitinho completaria 57 anos no dia 26 de dezembro. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos