Inter de Milão quer Simeone e pretende pagar multa de R$ 180 mi, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Stefan Wermuth

Stefano Pioli recém-assumiu o cargo de treinador da Inter de Milão, mas pode deixar o posto antes do que imaginava. De acordo com informações desta segunda-feira (21) do jornal espanhol As, o clube italiano quer tirar Diego Simeone do Atlético de Madri e pretende pagar multa contratual de 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 180 mi).

A Inter tenta retomar força após temporadas em baixa. A equipe teve 70% das ações compradas por um grupo chinês e tem feito altos investimentos, a exemplo do realizado para comprar Gabigol, atacante revelado pelo Santos. Simeone seria o próximo nome na lista.

A publicação italiana Gazzetta dello Sport informa que o agente Kia Joorabchian já tem carta branca para iniciar a negociação. Simeone tem contrato com o time espanhol até 30 de junho de 2018, mas uma cláusula permite saída com pagamento de R$ 180 mi. A Inter está disposta a depositar a quantia, mas ainda precisa convencer o técnico a mudar de clube. 

E essa será a parte mais complicada, segundo o noticiário europeu. Diego Simeone tem dado entrevistas nas quais ressalta estar contente com a situação e trabalho atual na equipe da capital espanhola. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos