Presente em 5 jogos, Denílson deixa o Cruzeiro antes do fim do empréstimo

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro

    Denílson teve poucas oportunidades no Cruzeiro

    Denílson teve poucas oportunidades no Cruzeiro

O Cruzeiro confirmou, na manhã desta segunda-feira (21), que Denílson não permanecerá no clube para a próxima temporada. Ele segue com contrato até dezembro, mas não será utilizado por Mano Menezes nas atividades e nos jogos restantes.

O volante pertence ao Al-Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, e tem vínculo com o clube gringo até 30 de junho de 2018. No compromisso com os mineiros, há uma cláusula que permitia a sequência em Belo Horizonte em caso de pagamento de 2,5 milhões de dólares (R$ 8,3 milhões na cotação atual).

A contratação de Denílson, na janela de transferências de julho, custou R$ 250 mil aos cofres do time presidido por Gilvan de Pinho Tavares. Ele chegou a Belo Horizonte recuperando-se de uma cirurgia no joelho direito.

Quando chegou à Toca da Raposa II, Denilson garantiu que o seu desejo era permanecer no clube por mais tempo que o período de contrato.

"Por enquanto a gente fechou um contrato de cinco meses, mas não quer dizer que ficarei apenas cinco meses. Minha intenção é mostrar serviço durante esse empréstimo para ficar aqui. Vamos esperar esse tempo, conversar com a diretoria do Cruzeiro e ver se eles vão gostar do meu trabalho", declarou à época.

Denílson atuou em somente cinco partidas do Cruzeiro na temporada. Contratado em 22 de julho passado, o meio-campista entrou em campo contra Santa Cruz, Atlético-MG, Botafogo, Vitória e Grêmio. Em apenas dois destes confrontos, o jogador esteve entre os titulares.

Quer receber notícias do Cruzeiro de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos