Flamengo admite conversar com Botafogo sobre custos da Arena

Danilo Lavieri e Guilherme Costa

Do UOL, em São Paulo

  • Vitor Silva/SS Press

    Flamengo admite conversar com Botafogo sobre custos da Arena

    Flamengo admite conversar com Botafogo sobre custos da Arena

O Flamengo assinou na segunda-feira (21) um contrato de três anos para utilizar com exclusividade o Estádio Luso-Brasileiro, arena da Portuguesa-RJ na Ilha do Governador. A instalação vinha sendo utilizada pelo Botafogo em 2016, mas passa às mãos rubro-negras no período entre o começo de 2017 e o fim de 2019. Já o time de General Severiano deve priorizar o Engenhão.

A questão é que o Botafogo fez investimentos na arena para realizar os jogos nesta temporada. O Flamengo teria de bancar por exemplo as estruturas provisórias, por exemplo, já que seriam retiradas. 

"Se o Botafogo quiser fazer um acordo para diminuir os custos que teve com o estádio (em 2016), a gente pode entrar no acordo", explicou o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, durante evento em São Paulo. "Mas se não tiver também, estamos (financeiramente) seguros", completa.

A ideia do Flamengo com o estádio da Portuguesa Carioca é contar como um plano B, já que há um imbróglio sobre o futuro do Maracanã.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos